domingo, dezembro 13

Grande penalidade a terminar repõe justiça no marcador


35 comentários
Farense 3-2 Lusitano Foi através de uma grande penalidade à beira do fim, que o Farense levou de vencida esta tarde o Lusitano de Évora por 3 a 2, num jogo em que existiram 3 grandes penalidades e 3 expulsões.

Vindo de uma boa exibição na Cova da Piedade, o Farense entrou bem no jogo desta tarde, criando no primeiro quarto de hora duas boas situações para inaugurar o marcador, ambas tendo por autor Rodrigo. A primeira num livre directo, rematando colocado, exigindo a Pedro Góias que se aplicasse a fundo logo no ínicio do encontro, a segunda, num remate já dentro da área, fazendo com que a bola embatesse no poste da baliza defendida pelo guardião alentejano. Pouco depois o primeiro lance de alguns protestos por parte dos visitantes, num cruzamento para a área, Pintassilgo perto da linha de fundo tenta novo cruzamento fazendo a bola embater na mão dum defesa visitante. Bola na mão ou mão na bola, o que é facto é Nuno Campos apitou para a marca de grande penalidade e o Farense adiantou-se no marcador por intermédio de Bruno. Pouco depois o Farense dilatava o marcador, desta vez foi Davide Justo de cabeça, correspondendo bem a uma bola bombeada para a área. O jogo corria bem aos da casa, que já disponham de uma vantagem de dois golos, mas melhor que isso realizavam uma exibição tranquila.

As coisas alterariam-se na segunda parte, o Farense foi perdendo o controlo do meio campo e o Lusitano conseguiria reduzir a desvantagem ao fim de 15 minutos da etapa complementar, num golo em que Luís Afonso e Gonçalo dividem responsabilidades, isto um minuto depois de Gonçalo ter salvo o primeiro golo dos visitantes, com uma defesa de alto nível. O Farense tentava responder ao golo dos alentejanos, e pouco depois teve perto de chegar ao 3º golo, quando Norberto à entrada da área, atirou a rasar a trave. Pouco depois, foi a vez dos visitantes dispôrem de excelente ocasião para empatar quando o árbitro assinalou grande penalidade sobre Cubala e respectiva expulsão para Luís Afonso por acumulação de cartões. Os alentejanos não desperdiçaram o ensejo. As coisas de um momento para o outro complicavam-se para os algarvios que viam perder a vantagem de dois golos e ficavam em desvantagem numérica no terreno. Só aqui Edinho mexeu na equipa, um pouco tardiamente, já que a equipa vinha a perder gás há largos minutos. Com a entrada de Álvaro para o lugar de Filhó, Norberto recuou para a posição de lateral esquerdo e o Farense ganhou nova alma. Aos 80 minutos Pintassilgo atiraria por cima da trave num lance em que a bola ressaltou claramente no terreno no momento do remate. Aos 85 minutos foi a vez de Róró em posição privilegiada desperdiçar atirando também por cima. Finalmente perto dos noventa, alguma desconcentração defensiva dos alentejanos, permitiu a Álvaro ganhar posição dentro da área, depois de uma saída extemporânea de Paulo Góias e ser agarrado por Róbson, cometendo assim a 3ª grande penalidade do jogo, esta a mais clara do jogo apesar dos protestos em desespero dos visitantes. Bruno mais uma vez chamado a marcar, não teve dificuldade em colocar a bola no lado contrário que o guardião eborense havia escolhido para se atirar. O jogo terminaria 5 minutos depois, mas não sem que antes mais um atleta do Lusitano fosse expulso, num lance em que Álvaro se encaminhava para a área. Pareceu no entanto algo rígida a interpretação de Nuno Campos, já que Álvarinho se encontrava na lateral da grande área, em posição de criar perigo mas não em posição clara de obter golo.

Nuno Campos esteve bem tecnicamente, ficando com o benefício da dúvida nos lances das 2 primeiras grandes penalidades, mas demasiado ríspido a nível disciplinar, já que o que se passou no São Luís esta tarde pouco teve a ver com a batalha campal que o número de cartões possa espelhar. Com esta vitória o Farense colocou-se a 5 pontos do novo líder, agora o Juventude sendo que estes dispõem de uma partida a mais já realizada, e a 4 pontos da formação da Caparica que cedeu um empate a 2 na sua deslocação à Cova da Piedade.

Comments

35 comments to "Grande penalidade a terminar repõe justiça no marcador"

arsenio disse...
7:35 da tarde

faz bem ver o Farense jogar no S.Luis,mas pelas fotos o relvado esta numa lastima.Parabéns pela vitoria.Sa mais três pontos.

Anónimo disse...
8:48 da tarde

fui ver o jogo como 1 simples adepto de futebol e fiquei estupefacto quando me cobraram 8 euros pela entrada num estádio com ambiente degradante em comparação fui ver olhanense-benfica e paguei 10 euros. parabens ao farense pela vitória e parece que o treinador acertou com a equipa excepto o alvarinho que tem qualidades para jogar titular.

Anónimo disse...
8:50 da tarde

Apenas dizer isto:mau jogo,péssimo técnico que ñ sabe ler o jogo,valeu apenas pela vitória...

F.Neves disse...
9:19 da tarde

Tanta coisa para jogarmos no S. Luís, mas afinal as pessoas não aderiram.
Menos de 500 adeptos é frustrante.
Eu até concordava com a mudança, mas a continuar assim, não sei.
De qualquer modo tem se cuidar melhor do estádio, especialmente do relvado.
Espero que façam alguma coisa nesse sentido, pois até temos 2 jogos fora seguidos.

Jaquim disse...
10:08 da tarde

Não sei porque voltámos para o S.Luis.Não tem conforto,não vão mais pessoas(antes pelo contrário),o relvado parece um batatal,nao tem bar,apenas uma casa de banho que é um nojo,enfim!!Ao menos valeu a vitória.Já agora por que será que o Edinho não aposta no Alvaro de início?O farense com ele em campo é outro.E grande jogo do Rodrigo.E já agora,é justo dizer,boa exibiçao de Bruno.

Anónimo disse...
10:10 da tarde

Força FARENSE

JoaoC disse...
12:12 da manhã

Ó Jaquim? então se não tem bar onde comprei a bebida que bebi? O Farense voltou para o São Luís porque sai mais barato ao clube.

Anónimo disse...
12:20 da manhã

eu troco o comodismo do estadio algarve pelo velhinho e quase degradado s.luis... o ambiente mesmo so com 500pessoas nao tem comparação possivel.
Deixem o nosso Farense continuar na sina das vitorias e vão ver os farenses voltarem ao estadio. basta voltarem a sentir vida no s.luis novamente.
O ambiente que a claque da e espectacular, quer visto de dentro do estadio ou ouvido de fora!
O relvado estava lastimavel ( normalissimo, tendo em conta que todos os escaoes treinam e jogo ali)os jogadores foram uns bravos e estamos mais proximos do primeiro!!!
FORÇA FARENSE

arsenio disse...
9:24 da manhã

Vou reagir quanto ao comentario que diz que todas as categorias se treinam em cima da relva.Penso que por uma questao de proteger um pouco mais a relva o Farense deveria utilizar o sintético da Penha e da Horta da Areia e negociar com o municipio a possibilidade de utilizar a relva da pista de tartam utilizando Balizas moveis em Aluminio para que todas as categorias trabalhassem correctamente,sobretudo as equipas seniores e Juniores que sao obrigadas a jogar em àrea de jogo naturais.Tudo deve ser uma questao de Planing,de forma a gerir a formaçao e o resto.Vou também reagir em relacçao ao comentario do Sr Joao C,sobre os bares no S.Luis.Eu quando ai estive no Verao nao vi condiçoes nos bares nem nas casas de banho,a menos que tenham sido refeitas as instalaçoes!isso eu nao sei.Insisto também no local onde dorme? o Jorge e os caes,esse local deveria ser refeito e modernizado para fazer um Club-House para que os socios e outros se sintam em casa.

Anónimo disse...
9:53 da manhã

Parabéns pela grande vitória, mas é justo dizer que o Edinho mais uma vez mostrou que não está preparado para ser treinador do farense. Alvarinho mais uma vez safou o Edinho que teima em relegar-lhe para o banco ( É SÓ O MELHOR MARCADOR DA EQUIPA ). O puto joga que se farta... Gostava de ver mais juniores nesta equipa. Temos os exemplos Álvaro e Róró existem outros, Piçarra (defesa lateral), André (avançado direito), Oliveira (defesa central) etc... Do melhor que existe em malta nova no algarve. ENFIM...

Anónimo disse...
10:32 da manhã

Fernado Neves de Corroios,nao desespere isto é devido ao fenomeno do Inverno e da "frescura" do tempo.Vai melhorar.

JoaoC disse...
12:19 da tarde

Bom dia sr. Arsénio!

Bem realmente sei que o São Luís não tem as melhores condições do mundo, mas creio que quando esteve cá no verão, não havia bar nenhum aberto no estádio. Também não sei se posso chamar bar ao que estava ontem no São Luís porque as condições não são de facto as melhores, mas penso ser de elogiar o esforço de terem aberto um espaço onde as pessoas possam consumir alguma coisa durante os jogos.

Quanto às casas de banho, ontem não cheguei a entrar, mas passei em frente e pelo menos lavada tinha sido ou a lixivia cheirava, e tb me foi dito que as peças dos sanitários tinha sido mudada.

Quanto ao público em si, não me convence o facto de dizerem que vai menos gente ao São Luís, baseando-se no jogo de ontem. Com a época festiva à porta, o tempo desagradável e a ameaçar chuva (se ali estava desagradável, imagino no Estádio Algarve), a menor assistência que o clube tem tido esta temporada, a juntar às poucas pessoas que se deslocaram de Évora creio que essas sejam as principais razões da pouca assistência de ontem. Os preços dos bilhetes para não sócios também afastam qualquer um que se queira dirigir ao estádio assistir, mas isso é um dos males do futebol português. Penso que junto das escolas se deveria tentar chamar mais os míudos à bola.

Quanto à relva, ou à erva pois, não posso dizer muito a favor, sem ser que é igual para ambas as equipas, sendo que normalmente quem mais ataca e tem um estilo de jogo mais elaborado sente mais dificuldades. No entanto a favor está o facto de ser ali que os atletas treinam diariamente, por isso estarem habituados a passar ali algum tempo, e de mesmo estando 500 pessoas, ser mais aconchegante em termos de apoio.

E. Roque disse...
1:37 da tarde

Só vou falar do preço dos bilhetes, pois do jogo ser ou não no S. Luís, não vale a pena dizer nada, pois contra a maioria, em democracia, nada há a fazer.
Quanto aos bilhetes, vou só fazer umas contas simples: Um sócio paga 6 euros por mês, o que dá 72 euros por ano, como há 11 + 5 jogos por ano, cada jogo custa aos sócios 72/16 = 4,5 €, somando 1 € de bilhete faz 5,5 €.
Portanto é muito natural que os não sócios paguem um pouco mais, pode ser que 8 seja demasiado, mas 6, como tem sido até agora, parece-me muito pouco...

arsenio disse...
1:41 da tarde

Joao,de facto quando ai estive primeiro em Maio e depois em Julho,o bar do lado da Bancada dos socios(Norte)estava fechada,mas o estado geral pareceu-me mau.Agora de facto,as casas de Banho por baixo deixavam muito a desejar,mas como diz estas foram reparadas;é bom;sei que as condiçoes financeiras do clube nao sao as melhores,mas com dedicaçao empenho e boa vontade a pouco e pouco vamos la.Penso que também tem razao ao dizer que ha menos espectadores pelo facto do tempo estar mais fresco e a crise actual também "joga",desfavoravelmente.Verdade é que quando li que os bilhetes estavam a oito euros,e que no jogo entre o Olhanense e Benfica haviam bilhetes a dez euros....acho uma diferença minima pela diferença das competiçoes,talvez seja também uma razao!

JoaoC disse...
2:01 da tarde

Segundo vi na comunicação social os bilhetes para esse jogo que se refere variavam entre 35 e 65€ Arsénio. Esse Sr. que disse isso, só posso deduzir que provavelmente será sócio do clube da casa. Mas já que fala nisso, esse jogo teve a assistencia de 8000 pessoas, deixando 3500 da lotação por preencher, isto contra o clube que leva mais gente em Portugal. Agora pergunto eu, quando andávamos pela primeira divisão, os jogos com os 2 grandes de Lisboa enchiam o São Luís que na altura levava 13000 pessoas e já na altura os bilhetes para não sócios rondavam os 5 contos.

Ferreira disse...
2:21 da tarde

Em relação a este jogo, fizemos uma boa primeira parte, talvez a melhor da época, embora sem deslumbrar.

Na segunda parte e a ganhar por 2-0, o técnico falhou uma vez mais na leitura e reorganização do jogo.
Ou mantinha o ritmo com a estrutura da primeira parte, ou se queria mudar a tática mudava a equipa do meio para a frente.

O Alvaro no banco, é algo inadmissivel e incompreensivel para quem está de fora.
Como é possivel darem-se ao luxo de deixar esta jovem promessa(para mim certeza absoluta) de fora?
Na Cova da piedade, nem chegou a jogar... quando era o mais indicado para entrar.

O desenrolar do jogo obrigou o Lusitano a atacar e o Farense só tinha de manter a estrutura médio/defensiva e mexer no ataque deixando avançados muito móveis a entrar pelas pontas.
Porque não se fez isto, e se teve de esperar para sofrer 2 golos????

Foi assim que resultaram os lances de perigo finais, criados pelo Alvaro(penalty e livre à entrada/dentro da área.

È tão simples que até dá dó ver o "mister" a perder tempo a gesticular e bufar para o ar...

Quanto ao avançado centro não me pronuncio, mas parabens por ter marcado os dois penaltys.

Para finalizar, também não percebo porque só entrou um jogador suplente, quando a equipa precisava de queimar tempo e ao mesmo tempo refrescar os mais desgastados....

O futebol não é uma ciencia exacta, mas há coisas tão básicas que qualquer treinador de bancada vê.... sem curso....

Jorge Esberard disse...
2:22 da tarde

Acho sempre interessante quem aqui vem deixar as suas ideias, e o nosso amigo Arsénio é ímpar na forma como as põe!É de levar em conta e discutível a sua sugestão em relação ao "Club-House",mas permita-me uma pergunta:esse anglicismo - club-house -,quer dizer espaço,ou pavilhão,onde se juntam várias pessoas,que no caso seriam adeptos e sócios do clube,certo?Estaria de acordo com o meu amigo não fosse o facto de, no Estadio de S.Luis,se encontrar lá a nossa séde,onde existem instalações que,DEVIDAMENTE RECUPERADAS E COM ALGUMAS OBRAS,dariam muito jeito a todos nós!Quanto à sua ideia em relação à utilização do sintético da Penha e da Horta da Areia,não tenho dúvidas que o nosso Presidente-António Barão-,já deverá ter falado com a actual Presidência de Câmara dado que o Engº.Macário Correia se encontrar disponível para resolver algumas questões relacionadas com o nosso Farense...No presente contexto da vida do nosso clube há que saber dar melhor caminho ao pouco dinheiro que se tem!Nada de ideias megalómanas porque o dinheiro não abunda!Com o esforço e a compreensão de todos nós - sócios -,havemos de chegar a bom porto e ter-mos a satisfação imensa de um dia,finalmente,poder-mos dizer que "a casa já está arrumada" e daí partir-mos para outros voos!...Para o AMIGO ARSÉNIO,o meu grande e singelo abraço e com votos de BOAS FESTAS!VIVA O NOSSO FARENSE,SEMPRE!!!
Jorge Esberard

SamM disse...
2:25 da tarde

Será que sai mais barato ao Farense jogar no S Luis com 400 pessoas a ver, do que no Estadio Algarve com uma média de 700 pessoas este ano? E se um jogador se lesionar com gravidade naquela miseravel relva quem vai pagar os custos médicos?? Façam lá bem as contas...

JoaoC disse...
2:32 da tarde

Ó Ferreira, ia entrar o Tony (2ª substituição) aos 96 minutos, esqueceram-se é que o jogo acabava aos 95...

Foi outra das coisas que não percebi e na realidade nunca tinha visto, marcarmos o golo que nos deu vantagem em cima dos 90, o arbitro dar 5 minutos de descontos, e nós com 2 substituições por fazer nem para parar o jogo as utilizamos. Se calhar está-me a escapar alguma coisa... Isto não seria lógico?

JoaoC disse...
2:34 da tarde

De qualquer forma, não há qualquer dúvida que a equipa já está bem melhor do que há umas jornadas atrás, já se vê algum futebol, e nisso o Edinho tem mérito.

Anónimo disse...
2:37 da tarde

caro joao c, não sou socio do olhanense mto plo contrario sou claramente do farense e fui ver o olhanense-benfica e estava estampado no bilhete o preço de 12.50 euros onde se encontravam as claques do slb, a mesma zona onde na bilheteira de olhão me estavam a pedir 50 EUROS!!!!

parabens ao farense por esta vitoria e apenas tenho a apontar que o edinho colocou alvarinho em campo tardiamente e que a apos o 3º golo deveria ter salvaguardado a defesa, devido a expulsao do luis afonso, colocando arlindo e retirando um dos avançados, no caso pintassilgo ou bruno...

Anónimo disse...
2:54 da tarde

... ( normalissimo, tendo em conta que todos os escaoes treinam e jogo ali)...


nopes, os infantis, os iniciados e os juvenis, treinam e jogam no campo municipal da Penha.

arsenio disse...
4:16 da tarde

Caro ,Jorge Esberard,é com prazer que agradeço as saudaçoes que me envia e que lhe retribuo-o a si e a todos os que estao no seu coraçao.Nao sei se lê os meus comentarios mas quando comento,tento sempre ser justo,ponderado e ao mesmo tempo sugerir algumas ideias;é para isso que este espaço de dialogo existe.Desolado de aplicar o "Club-House",mas vou tentar explicar se bem que vi que compreendeu.E um local de convivio no interior do Estadio,que permite beber,comer um Hammburger,uma salsicha,uma sandwiches,e evidentemente falar de Futebol,e mesmo organizar almoços com os pais dos jovens jogadores.Acessivel a todos.Por isso eu insisto no local onde o tipo com os caes esta porque é maior.Claro precisa de ser modificado.No meu comentario precedente tenho em conta da situaçao financeira do clube.Quero desejar a todos com avanço um Feliz Natal e um Ano Novo Prospero.Peço desculpa se ofendi alguém;nao o faço voluntariamente.PS:Jorge sei que existem instalaçoes no exterior,mas o meu ponto de vista vai para que o "ambiente" fique no recinto de jogo.So isso.

Anónimo disse...
4:28 da tarde

parabens ao farense por esta vitória.
mas tenho um ponto negativo a mensionar, o facto de alvarinho nao ter jogado de inicio, e filho ter sido substituido por este enquando prestava uma boa exibiçao, quando quem deveria ter saído era o norberto, dada a situações de jogos anteriores em que edinho optou por posicionar norberto como defesa esquerdo e este nao ter sido capaz de prestar uma boa exebição na posição devido a esta nao ser a sua posição.

Anónimo disse...
4:29 da tarde

parabens ao farense por esta vitória.
mas tenho um ponto negativo a mensionar, o facto de alvarinho nao ter jogado de inicio, e filho ter sido substituido por este enquando prestava uma boa exibiçao, quando quem deveria ter saído era o norberto, dada a situações de jogos anteriores em que edinho optou por posicionar norberto como defesa esquerdo e este nao ter sido capaz de prestar uma boa exebição na posição devido a esta nao ser a sua posição.

Anónimo disse...
4:37 da tarde

parabens ao farense por esta vitória.
mas tenho um ponto negativo a mensionar, o facto de alvarinho nao ter jogado de inicio, e filhó ter sido substituido por este enquanto prestava uma boa exibiçao, quando quem deveria ter saído era o norberto, dada a situações de jogos anteriores em que edinho optou por posicionar norberto como defesa esquerdo e este nao ter sido capaz de prestar uma boa exebição na posição devido a esta nao ser a sua posição.

eroque disse...
4:38 da tarde

O Futebol é uma ciência muito complicada, mas como é um jogo simples e emotivo, é muito popular, e felizmente toda a gente entende imenso de táticas.
Estas são todas boas quando dão bons resultados e más quando se perde. Mas a minha opinião difere um pouco da maioria dos técnicos ou comentadores portugueses, que acham que quando se está a ganhar, temos que descansar, jogar devagarinho, reter a bola, fazer anti-jogo, etc... Mas a maior parte das vezes esta maneira de pensar dá para o torto, que é o que ía acontecendo ao Farense no domingo. Depois de uma 1ª parte dominadora, jogando com velocidade e entrega, tentaram na 2ª controlar, o que não funcionou, pois ao jogar devagar devagarinho, na tentativa de adormecer o adversário, só deu alento ao adversário, que em vez de adormecer, ganhou alento, e como os farenses não corriam, ganhavam as bolas e chegaram ao empate, e não foram mais longe porque aconteceu a expulsão do Luís e o treinador, contráriamente ao que dizem as regras, com um jogador a menos, lançou um avançado e baralhou completamente o jogo, pois a equipa percebeu que não estava ali para segurar o empate, mas para tentar ganhar, e foi o que aconteceu...Mes mo com um jogador a menos, o Farense empurrou o adversário para trás, devido ao efeito surpresa, conquistou um penalti e a igualdade numérica e daí para a frente jamais o Lusitano criou algum perigo, até porque pouco depois, o Lusitano viu mais um jogador ser expulso por agressão (aquele pontapé no Álvaro, já com a bola 1 m à frnte só pode ser considerado agressão), e o Farense ficou então com um a mais. Acho que não devemos ter medo, e fazer uma substituição naquelas condições revelava receio infundado.
Claro que quem ler isto vai dizer que está aqui um defensor do treinador, e é verdade, eu, em público defenderei sempre os dirigentes, os treinadores e os jogadores do Farense, dizendo o que acho bem e omitindo o que penso que está mal. Em privado, olhos nos olhos poderei fazer as minhas criticas, com o objectivo de fazer ver o que está bem ou mal...

Anónimo disse...
4:41 da tarde

UMA MENSAGEM PARA O TREINADOR

O Farense ontem fez uma excelente 1.ª parte no entanto na 2.ª foi uma tristeza e só não perdemos por pouco, sim ganhámos mas o contrário também poderia ter acontecido.

Como é possível a equipa mudar tanto de uma parte para a outra, isso só devido ao que deve de ter sido dito no balneário.

- Malta agora que estamos ganhando vamos jogar com calma.

De certeza que foi isso que o Sr. Edinho deve de ter dito, pois para si digo-lhe o seguinte as grandes equipas fazem-se com ambição e bons espectáculos que levam mais gente ao futebol, se estávamos a ganhar e a dominar porquê não continuar a fazer o mesmo e empolgar o público?

Não ao contrário tivemos que sofrer como acontece quase sempre e desta vez por algo que nem se justificava.

Já agora as substituições, tínhamos 2 para queimar nem que fosse nos descontos e nem isso soube fazer, ao contrário queimou foi o jogador que ia entrar que coitado nem chegou a pisar o palco de jogo, se já era desmoralizante ir jogar pouco muito mais será equipar-se e nem entrar.

Sr. Edinho gostava muito que você tivesse sucesso pois era o sucesso do meu clube também, mas creio que você vai ser mais um Vitor Oliveira, Manuel Fernandes ou Neca do futebol português.

Parabéns jogadores que se esforçaram estiveram todos em grande mas realço especialmente o Justo e o Rodrigo que estiveram fantásticos.

ALG

Jorge Esberard disse...
6:51 da tarde

Amigo "SamM",a previsibilidade é uma arma de dois gumes:em linguagem simples quero dizer que tanto pode dar para o "torto" como para o "direito".Isto claro,se falamos no caso concreto de competição desportiva a nível de futebol.Qualquer atleta,não precisa escolher o terreno,ou relvado,para fatalmente lhe acontecer uma desgraça.Olhe,temos o exemplo bem recente do PEPE,quem diria que naquele relvado-com bom aspecto,diga-se de passagem - lhe fosse acontecer aquela lesão dramática?Por outro lado, o meu amigo sabe quantas lesões já surgiram em actuações no Estadio do Algarve?...Quanto à média de assistências,devo lembrar-lhe que na época passada chegámos a ver no Estadio de S.Luis adeptos e sócios na ordem dos 800 a 1.200,o que é significativo!Amigo "SamM",eu até o compreendo e bem desejo que o nosso Farense volte ao Estadio Algarve,mas que seja de forma a não comprometer as finanças do clube e, o que eu e você queremos,tal como todos os sócios e verdadeiros FARENSES,é que a mística,o carinho e amor pelo clube da terra se reaviva em todos os naturais, e não só,desta capital do Algarve!Não podemo-nos esquecer que há muitos FARENSES,que ainda NÃO TÊM condições de se deslocar até ao CONCELHO DE LOULÉ-Estádio!Temos que acreditar que há,efectivamente,pessoas que não TÊM MEIOS,para se deslocarem!...
Um grande abraço, e BOAS FESTAS.
Jorge Esberard

Anónimo disse...
9:08 da tarde

Agressao?? foi apenas uma falta igual as outras.. nunca para vermelho... todos viram menos tu ai que comentaste... deves ver muita mal..

Dezito disse...
9:53 da tarde

Fui ver jogo e fiquei muito agradado com a 1ª parte. Dos jogos que vi esta época, foi talvez o jogo mais razoável do Farense. Só lamento o adormecimento na 2ª parte que levou ao 2-2 (para mim impensável já que o lusitano foi inócuo na 1ª parte). Ainda não foi aki comentado mas é de saudar o apoio incondicional do South Side Boys. Poucas claques do país são tão fiéis como esta. Extraordinário!!

Dário Guerreiro disse...
8:42 da tarde

Eu só quero parabenizar o Farense pela vitória e desejar ao clube e seus associados o maior sucesso desportivo (que subam de divisão, pois creio ser essa uma das soluções mais óbvias para o clube).

Estive presente na sede do Farense ontem para o lançamento do livro do Sr. Manuel Oliveira, homem sábio que me deu muito prazer em ouvi-lo e conhecê-lo.

A seguir ao meu Portimonense, menina dos meus olhos, um dos clubes que mais prezo é o Farense, não pelo seu passado, mas pelo seu presente. É preciso muita coragem e muito espírito Farense para continuar no barco em tempos de tempestade tão agreste. Tomara a muito clube que atravessa momentos igualmente maus ter tamanho fôlego e esperança.

As melhores saudações a todos e...encontramo-nos na Vitalis (ou acima, nunca abaixo).

SamM disse...
9:04 da tarde

Caro Esberard, como sabe, se existem previsões ou estudos de estatistica, de qualquer situação que seja, estes são feitos para alertar os intervenientes e tentar através disso põ-los a salvo de qualquer dissabor. No caso específico do futebol a possibilidade de lesões traumáticas e musculares em terrenos de jogo irregulares e pesados ocorrerem muito superior...

Não invqlida que qualquer infelicidade ocorra num bom relvado, mas como dizia o meu avô, "quem não quer ser lobo, não lhe veste a pele..."

Quanto à questão dos espectadores, os números a que faz alusão refere-se à epoca passada e são reais, mas também nessa altura os Estádio Algarve tinham assitências muito superiores às do presente ano, e superiores também às do São Luis. Por isso esse sistema de comparação não se pode adoptar pois não estamos a falar de épocas iguais.

Infelizmente, e ao contrário do que alguns dizem, mesmo estando a fazer um campeonato aceitável e melhor ao do ano passado, o facto é que o Farense está numa queda muito significativa de espectadores nos seus jogos, e a troca de campos de jogos, numa primeira fase está a agudizar ainda mais essa tendência...

Quer queiramos quer não...

Anónimo disse...
12:00 da manhã

Realmente o verdadeiro protagonista do jogo pelos vistos foi o arbrito 12 cartões . Os arbitros estragam os jogos muitas vezes, lamentavelmente .

Pedro disse...
4:57 da tarde

Caro Sam,

Não deixo de concordar e compreender algumas das tuas razões para que o Farense volte a jogar no Estádio Algarve.

Mas, na minha opinião, existem mais factores positivos se jogarmos no S.Luís,ora vê:

. O relvado do S.Luís tem dimensões menores e é o campo onde a nossa equipa teina todos os dias. Como sabemos a condição física é uma das lacunas da nossa equipa, logo é vantajoso para nós jogarmos num campo com dimensões menores e que os jogadores estão mais que habituados a pisá-lo.

. O facto dos jogos serem dentro da cidade, faz com que muita gente que anda desligada do Farense possa sentir novamente a presença do nosso clube em Faro, acredita que exite muita gente nem sabe que o Farense ainda joga, agora todos os domingos vão voltar a ouvir ruido na zona de S.Luís e quem sabe a curiosidade poderá levá-los a entrar no estádio. Os jogos no S.Luís criam maior ligação entre o clube e a população.

. Como todos sabemos a situação financeira do clube não é a melhor, e as despesas que suportávamos por jogarmos no Est. Algarve eram muito superiores às do S.Luís.

Em conclusão, acho que só temos a ganhar em jogar em Faro,desportivamente, economicamente e no sentido de atrair mais adeptos, que para mim, é o mais importante neste momento já que irá potenciar as outras duas.

Pedro Guimarães

SEMPRE FARENSE!!!

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px