sábado, maio 30

Reviravolta final dá triunfo justíssimo ao Farense


18 comentários

O golo de Della Pasqua frente à sua ex- equipa, decidiu a partida


(8 mn, por Idalécio, na sequência canto marcado na esquerda do ataque louletano, surge o gigante Idalécio, mais alto que os adversários a desferir um cabeceamento de cima para baixo que se anichou junto ao poste esquerdo da baliza de Costa )
(86m, por Nuno Abreu (a.g.), que fruto de alguma infelicidade foi traído por um centro tenso de Justo na direita do ataque farense)
(88m, por Della Pasqua, marcando de cabeça na sequência dum canto apontada da esquerda do ataque farense)

Jogou-se na tarde de hoje a penúltima jornada da Terceira Divisão, e desta forma o Farense se despediu dos seus apaniguados, defrontado no Estádio Algarve o Louletano, à partida já promovido à Segunda B, e que apesar de ter saído derrotado do encontro, comemorou efusivamente o título de campeão, em virtude da copiosa derrota obtida pelo Atlético de Reguengos em Évora por 4-0.

Com o tempo a convidar para uma verdadeira tarde de praia, não foram muitos os adeptos que se deslocaram ao anfiteatro do Parque das Cidades, assistindo os presentes a uma partida algo morna, situação natural após uma época tão desgastante e longa. Foi sob essa toada que se iniciou a partida, com algumas paragens e embora o Farense demonstrasse desde logo a iniciativa de jogo, foi o Louletano a abrir o marcador, aproveitando um lance de bola parada, concluído oportunamente por Idalécio, o capitão da turma de Loulé. Apesar deste começo positivo dos louletanos, minutos antes tinha sido de Wilson o primeiro lance de frisson, quando este efectuou um cruzamento-remate, apenas sustido pelo poste direito da baliza sul. Com o passar do tempo o jogo foi decaindo de qualidade, notando-se cada vez a mais a postura do Louletano neste jogo, que optou por jogar sempre em contra-ataque, apsotando em homens como Pintinho e Devigor para incomodar as redes de Costa, embora com pouca frequência. Contudo, o Farense não fazia muito melhor, e embora tentasse assumir as rédeas de jogo, as suas iniciativas eram anuladas com relativa facilidade pelo adversário, jogando de forma previsível, quase sempre pela direita, denotando dificuldades na finalização e criação de jogo para Della Pasqua que teve uma primeira parte muito discreta, entre os dois gigantes da defesa louletana. Aos 35 minutos António Barão mexeria pela primeira vez na equipa, abdicando do 4x1x4x1 inicial, para incluir na partida Bruno, por forma a dar maior poder de fogo ao ataque do Farense. Terminaria então a primeira parte com um resultado tangencial para os forasteiros, castigando de certa forma o Farense pela qualidade do seu jogo e premiando o Louletano pela eficácia, embora sem demonstrar no relvado a superioridade no marcador.

Na segunda parte, o cariz de jogo não mudou muito, mas a verdade é que o Farense foi gradualmente melhorando a sua intensidade e qualidade de jogo, sendo para isso determinantes as entradas de Dinis e Ró-Ró, que mexeram com a equipa e ajudaram-a no assalto final. Logo aos 49 mn seria David Justo a falhar um golo incrível na cara do guardião louletano, rematando de primeira, por cima do travessão, após bela assistência de cabeça de Della Pasqua. Aos 55 mn seria a vez de Barão, servido por Justo na direita, rematar na área para defesa do guarda redes, ressaltando a bola para a trave, o que ainda originou algumas dúvidas sobre se tinha mesmo passado a linha de baliza. Apesar destas duas ocasiões o futebol estava a ser muito mastigado e foi à passagem da hora de jogo que António Barão introduziu então no campo os dois jogadores anteriormente citados, alargando a frente de ataque e dando maior força ao meio campo. Ró-Ró podia mesmo ter empatado a partida minutos mais tarde após ter entrado, com um remate de muito longe que ainda bateu na trave após toque do guardião, tendo Barão desperdiçado outra ocasião de golo, aos 76mn, quando na pequena área, com pouco ângulo, rematado colocado mas proporcionando uma bela defesa ao guarda redes, que expeliu a bola para fora. Assistia-se nesta altura a um jogo um pouco mais mexido e aberto, com a equipa louletana apenas a tentar controlar, mas sem nunca incomodar Costa, que foi na segunda parte uma autêntico espectador. Com a partida a caminhar para o fim, já muitos não esperariam uma reviravolta no marcador, mas contrariando as expectativas, em dois minutos o Farense inverteu o resultado, decerto com alguma felicidade no primeiro lance, mas acabando por justificar a vantagem pela maior atitude na partida, face a um adversário com credenciais mas aquém do que é exigido para uma equipa profissional e campeã. Arbitragem aceitável.

Com este resultado o Farense, aproveitou para subir um degrau na tabela, após o empate 1-1 do Cova da Piedade, fixando-se no terceiro lugar, quando falta uma jornada para o termo da prova. Num altura em que a indefinição reina para os lado do S. Luís, muito por culpa do negócio do estádio, que já se arrasta à vários meses, foi perguntado a António Barão, pela rádio, se iria continuar ao comando da equipa da capital algarvia na próxima época, mas este relegou novidades para outra altura, após uma conversa a ter em breve com Aníbal Guerreiro, e que decerto ajudará a definir o futuro do futebol sénior do Farense.

Fonte: por SamM em Algarve Farense

Comments

18 comments to "Reviravolta final dá triunfo justíssimo ao Farense"

Anónimo disse...
7:15 da tarde

Parabéns ao meu Farense!

Se o Barão tem começado no inicio da epoca, esta equipa teria subido de divisão.

Vender o estádio e eleger uma direcção é agora a prioridade do Farense, a fim de se dar continuidade ao bom trabalho feito.

GiggzZz

Anónimo disse...
8:04 da tarde

Porra pensava q era amanha. Boa vitoria farense!

Anónimo disse...
12:00 da manhã

Mais uma vez o Farense lutou mauis que o adversário, e teve as melhores oportuinidades, só que ao contrário dos outros jogos marcámos e vencemos.
Sinceramente se analizar a época toda não vejo que tenhamos sido inferiores a ninguém, mesmo o Louletano que foi campeão não tem melhor equipa que nós.
Só precisamos de alguns ajustes, na frente de ataque sobretudo e para o ano vamos subir.
Parabéns ao Louletano também uma vez que subiram e vão dignificar o Algarve.
Para o ano cá estarei para apoiar o meu Farense.

Ass. repulse

Anónimo disse...
10:53 da tarde

Se no domingo passado tivessemos ganho ao Juventude de Évora, estaríamos no próximo a disputar com o Reguengos a subida de divisão.

É o maior elogio que posso dar a esta equipa, que paulatinamente e em confronto com outros plantéis profissionais, chegou onde chegou.
Estão de parabéns os jogadores, o António Barão, e todos os elementos que compuseram o grupo de trabalho.

Mas especialmente, está de parabéns o grande e principal responsável por tudo isto, o "sponsor" ANÍBAL DE SOUSA GUERREIRO, uma autêntica instituição.

E em minha opinião a subida não se verificou, pelas incertezas e irregular produção da equipa no inicio da primeira volta da primeira fase.

Porém, se temos subido sem a venda do Estádio concretizada, não seria possível arranjar suporte financeiro para uma Segunda Divisão, que obrigaria já a recorrer a atletas profissionais. E o Farense não o poderia fazer.
Em suma. O Farense cumpriu com muita dignidade a sua época.

A massa adepta compareceu e deu um colorido muito especial em todos os campos onde a sua equipa actuou.
Em termos de assistências, fomos para esta 3ª divisão, como o Benfica é para a 1ª Liga , um autêntico "abono de família" para os visitados.

Agora, até p'ró ano. Que tudo se resolva a contento, e que o Farense possa disputar com maior vigor a subida.
Viva o Farense!
Farense Sempre !!!

Observador Farense

Arsenio Coragem disse...
8:06 da manhã

Realmente o comentario do Observador Farense,é lucido e bem pensado,é digno de alguem com visao e experiencia e pelo facto de ter enviado alguns comentarios elido quase todos penso que este comentario deve ser de um Senhor que vive em Lisboa e que passa a sua reforma calmamente.Nao dou o nome que penso mas nao me devo enganar.Quanto a mim fui a Portugal e fui ver somente o jogo contra os pescadores e vi uma equipa sem alma sem futebol e sem visao tecnica e tactica da parte do Barao que sempre defendi quando me encontrava no estrangeiro.No entanto terminar no grupo da subida é valorizante.

Anónimo disse...
2:37 da tarde

È uma vergonha não meterem a constituição da equipa do Louletano, o Louletano deve ter jogado com as reservas.

JoaoC disse...
3:25 da tarde

Ou então não...
Foi bonito, vieram com as cabeças pintadas para provocar, levaram na bolha.

JoaoC disse...
3:27 da tarde

Já agora vergonha pq? Isto é o blog do Farense, não é o do Louletano.

Anónimo disse...
3:47 da tarde

Há por aí uns parentes, que pensam que isto é um orgão de imprensa desportiva, tipo A Bola ou O Record...
É sim mas para exclusivo dos farenses e sobre o Farense.
E elaborado com a colaboração e a carolice de adeptos farenses.
Já agora porque será que o site do Louletano está para remodelação há mais de um ano, talvez dois ?
Compreendo, pois mal têm adeptos...
Moss vão antes dar ao pedal...
O que vos safou este ano foi um treinador que até é de Faro e farense do coração.

F. Neves

Anónimo disse...
5:33 da tarde

Jogou com as reservas, não me pareceu, dos 4 jogos que fizeram contra nós, aquela foi a melhor equipa que apresentaram, mas não lhes serviu de muito.
Perderam porque o Farense foi superior, no entanto uma coisa é certa subiram com mérito foram a melhor equipa do campeonato.
O Balela é um homem da casa, achei muito triste certas pessoas ofenderem o Balela, ele é do Farense a 100%, está apenas a fazer o trabalho dele, agora se lhe perguntarem também deve de ter ficado triste pelo Farense não ter subido.
Não interessa para o ano vamos fazer companhia ao Louletano.

Ass: repulse

Anónimo disse...
6:43 da tarde

Devias estar a disputar com o Reguengos mas era sonos. Pensas que se o Reguengos não tivesse assegurado a subida a duas jornadas do fim, tinha ido a Evora jogar só com 3 titulares no 11 inicial.

Anónimo disse...
8:53 da tarde

São comentários como o do Observador Farense que conferem dignidade a este Blogue, que se quer porta-voz do Farense.
Se bem que cada um pode ter e dar a sua opinião, não é com tiradas avulsas e sem consistência que se dignificam e dignificam o Farense.

João Marques

SamM disse...
10:29 da tarde

Para o anónimo das 2.37 PM, que se insurgiu contra a ausência de identificação da equipa do Louletano, e porque fui eu o autor desta crónica, apenas queria roubar alguns minutos da sua atenção, para lhe explicar que:

- Este blog é um espaço dos farenses e para os Farenses, logo qualquer informação sobre outros clubes é algo que não se pode imputar ao gestor do blog.

- Ao contrário de outros meios de comunicação social, os blogs são "alimentados" por carolas, que trocam o seu tempo fora do horário laboral, para poder informar os outros duma forma gratuita e desintessada, fomentando a divulgação de actividades e acontecimentos que se enquadrem nas suas preferências.

- Eu, tal como o JoaoC ou o Tiago Santos, não temos acesso à constituição das equipas duma forma oficial pois não temos presença na tribuna de imprensa, tendo que pagar bilhete como outro adepto qualquer nas deslocações fora de portas e restringindo-nos muitas vezes a locais mal enquadrados com o relvado...

- No jogo do passado sábado, ao contrário do que muitas vezes acontece, a constituição das três equipas em campo não foi divulgada, sonora e graficamente nos placards electrónicos, dificultando essencialmente a precepção dos jogadores do Louletano escalados por Manuel Balela.

- Apesar de ter recolhido numericamente os jogadores do louletano em campo, e de conhecer alguns, julguei que a página do Louletano pudesse dissipatr dúvidas, mas está descativada à vários meses, segundo sei.

Espero que o Anónimo das 2.37 PM, tenha ficado elucidado.

Força Farense!

arsenio disse...
8:38 da manhã

Sam M,permita-me de dar o meu ponto de vista e sem polemica alguma,sobre o facto da nao divulgaçao da Equipa do Louletano.Como diz no seu comentario nao teve acesso a constituiçao das equipas antes do jogo.Mas em qualquer lado houve uma falta de organizaçao e de cortesia da parte do nosso clube o Farense pois o jogo desenrolou-se no Estadio do Algarve,certo dos dois municipios mas foi o Farense que recebeu;era de sua responsabilidade e dever informar o som.Que pensa voce do meu ponto de vista?Ai em Portugal antes dos jogos voces nao recebem a constituiçao das equipas?Enfim de qualquer maneira isso nao impediu o Farense de sair vitorioso e isso era o mais importante mesmo que o resultado pouco ou nenhum interesse tinha em termos de subida pois estava ja tudo resolvido.Continuem o vosso trabalho de informaçao que fazem com dedicaçao ao Farense e deixem todos aqueles que querem falar neste espaço isso so prova que o Farense é conhecido.Quero aqui felicitar tambem a subida do Louletano e do Olhanense,pois estes clubes vao permitir ao Algarve a visita dos grandes do nosso Futebol e isso so nos tras interesse e vantagens economicas espero que o caso Farense se resolva rapidamente e que voltemos tambem para o lugar que é o nosso no meio dos grandes.Um abraço deste Farense que vive longe.

Anónimo disse...
11:37 da manhã

Quero deixar os meus parabéns à equipa pelo campeonato que fez. Não acrescento muito ao que foi dito: o Farense não conseguiu subir porque perdeu demasiados pontos nas primeiras jornadas. Julgo que ninguém terá dúvidas acerca disso.
Estão de parabéns os jogadores e a equipa técnica. Espero que no próximo ano a subida seja concretizada pois não me parece que, com ou sem venda do estágio, o Farense possa continuar na III Divisão. É que a distrital está mesmo ali. Se as coisas correm mal lá vamos nós para o poço.
Julgo que a II divisão B é a meta enquanto não forem resolvidos os problemas financeiros. Subir à II Liga é que seria um suicídio, mas a II B é uma obrigação. Insisto: com ou sem venda do estádio.

Luís

Anónimo disse...
1:24 da tarde

Não quero aqui abrir nenhuma guerra.
Sou Farense a 100% e fiquei muito triste por o nosso Farense não ter subido, tinha equipa para isso, mas não é so a equipa que conta.Voçes sabem do que falo.Estádio,dinheiros,dirigentes,eleições.
Isto também é muito importante para que um clube sobreviva e respire tranquilidade, tranquilidade essa que o Farense não tem.
Mas uma coisa é certa o Farense é o clube mais emblemático do Algarve.Eu pergunto o que é o Louletano? Ok eles subiram.Nós não.Mas o que é aquilo?Adeptos que são do benfica ou sporting e só apoiam a equipa quando ela está em cima.Tenham vergonha.O campinense é um clube honesto e que tem carinho por parte das pessoas em loulé.O que safa o louletano é a camera.

Farense a 100%.

Anónimo disse...
10:16 da tarde

Apoio 100% o Farense mas há pessoas la dentro que merecem o meu assobio em vez do meu aplauso.

Está mais que na hora de encontrar a estabilidade dentro do clube,acho que essa estabilidade passa pela mudança das pessoas e das politicas de gestão.
Para tudo há um timing, é necessario que apareça uma lista alternativa de pessoas sérias e que acima de tudo vivam, respirem e amem o Sporting Clube Farense!

Parabens á claque SSBoys que são do melhor que este clube têm (na minha optica).

Guerrero

Anónimo disse...
9:49 da tarde

à duas semanas a equipa não prestava o Barão era mau, agora que ganham ao Louletano, que jogou a feijões já são heróis.
´Tristes isso sim é o que são

Viva o Farense???????
Muitos dos que agora dizem isso, toda a epoca criticaram, poupem as pessoas por favor

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px