domingo, abril 19

Uma primeira parte de bom nível não chegou para os noventa minutos


0 comentários
O Tondela venceu este domingo o Farense por 2-1, garantindo a sua quinta vitória consecutiva e cimentando a liderança, em jogo da 40.ª jornada da 2.ª Liga.

Aos 41 minutos, Harramiz inaugurou o marcador para a equipa da casa, na recarga a um remate forte e colocado de Carlos Rodrigues, após uma defesa incompleta do guarda-redes do Tondela.

Na segunda parte, o Tondela entrou com outra atitude e viria a dar a volta ao marcador, por intermédio de Renato Santos, aos 64 minutos, e de Tozé Marreco, aos 73.

Durante a primeira parte, o domínio inicial pertenceu ao Farense, com destaque para o cabeceamento de Yang Tan, para defesa de Cláudio Ramos, mas o Tondela viria a subir de rendimento e aos 24 minutos fez o primeiro remate à baliza, sem sucesso.

Logo a seguir, foi Tozé Marreco a desperdiçar uma boa oportunidade, ao falhar o desvio ao primeiro poste, após um cruzamento do lado direito.

No final da primeira parte, o equilíbrio foi a nota dominante, com o Farense a ir para o intervalo em vantagem.

Na segunda parte, a equipa visitante entrou mais determinada e logo dois minutos após o reatamento, Tozé Marreco, no interior da primeira área, a deixar o aviso e a rematar com perigo, por cima. 

Na resposta, o Farense teve duas boas oportunidades, ambas por Irobiso, primeiro de cabeça à figura do guarda-redes e, pouco depois, numa boa posição a atirar por cima.

O Tondela manteve o ritmo ofensivo e viria a alcançar o empate, com um golo de Renato Santos, aos 64 minutos, na cobrança de um livre direto do lado esquerdo do ataque, que surpreendeu a defesa algarvia.

Dez minutos depois, novamente na cobrança de um livre direto, Renato Santos remata para defesa incompleta e Tozé Marreco aproveita para colocar o Tondela na frente do marcador.

Jogo no Estádio de São Luís, em Faro.

Farense - Tondela, 1-2.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Harramiz, 41 minutos.

1-1, Renato Santos, 64'.

1-2, Tozé Marreco, 73'.

Equipas:

- Farense: São Bento, Hugo Ventosa, Karamatic, Lameirão, Hugo Luz, Rui Duarte (Carvalho, 77'), Carlos Rodrigues, Neca (Gonzalez, 71'), Harramiz, Yang Tan (Mailó, 69'), Irobiso.

(Suplentes: Ricardo, Gonzalez, Kiki, Mailó, Alan, Edinho, Carvalho). 

Treinador: Abel Xavier.

- Tondela: Cláudio Ramos, Edu Machado, Vítor Alves, Deyvison, Pedro Araújo (Joel, 45'), Fábio Pacheco, Renato Santos (Tiago Barros, 90'+1), Bruno Monteiro, Nuno Santos, André Carvalhas (Machado, 57'), Tozé Marreco.

(Suplentes: Rui Nereu, Pica, Tiago Barros, Márcio Sousa, Joel, Ruben Saldanha, Machado).

Treinador: Quim Machado.

Árbitro: Marco Ferreira (Funchal).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para André Carvalhas (51'), Ventosa (63'), Yang Tan (66'). 

Assistência: Cerca de 1.500 espectadores.

quarta-feira, abril 15

Farense consegue o terceiro triunfo fora de portas


0 comentários
Trofense 0-1 Farense




Um golo madrugador de Lameirão permitiu esta quarta-feira ao Farense vencer na Trofa o cada vez mais último e mais aflito Trofense, em encontro da 39.ª jornada da 2.ª Liga.

Com esta derrota, a 10.ª em casa, o Trofense viu aumentar o fosso para a linha de despromoção para dez pontos, enquanto o Farense se fixou confortavelmente na 16.ª posição, sedimentando o objetivo de manutenção.

O clube de Faro começou praticamente a vencer, graças a um golo de Lameirão, aos seis minutos. O Trofense respondeu com Dário a rematar ao poste, aos 16', mas, após esta oportunidade, tornou-se uma equipa previsível, denotando-se o nervosismo de quem é `lanterna vermelha' da prova.

O Farense foi gerindo a vantagem sem grandes dificuldades, à exceção de um remate cruzado de André Pires, aos 44 minutos, que saiu ao lado da baliza de Bento. Califo respondeu logo no regresso dos balneários, aos 49', com novo remate para fora.

É certo que a equipa da Trofa rondava com mais perigo a baliza contrária e insistia mais no ataque do que o conjunto orientado por Abel Xavier, mas mantinha-se a falta de pontaria, atém mesmo falta de qualidade, na hora de finalizar.

Vítor Campelos apostou mesmo tudo, ao lançar João Pedro e Rafael Silveira para renovar a frente de ataque, mas a tentativa em desespero do treinador trofense acabou por ser inglória.

Aos 74 minutos, foi o Farense a quase marcar: Neca atirou ao poste e Carvalho na recarga viu o central Cláudio negar-lhe o golo, ao salvar, de cabeça, já em cima da linha de golo.

O encontro acabou com muitos protestos do Trofense, cujos jogadores alegam ter ficado por assinalar uma grande penalidade no último lance do jogo, quando um livre de Hélder Sousa terá sido travado com a mão por Rui Duarte (90'+5).

Jogo no Estádio do CD Trofense, na Trofa.

Trofense - Farense, 0-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcador:

0-1, Lameirão, 6 minutos

Equipas:

- Trofense: Diogo Freire, André Teixeira, Cláudio, Jairo (Rafael Silveira, 77'), André Pires, Tiago, Tiago Martins (Simãozinho, 51'), Hélder Sousa, Micael Babo, Dário (João Pedro, 51') e Stanly.

(Suplentes: Rui Santos, Mateus Fonseca, Nanissio, Rafael Silveira, Zuela, Simãozinho e João Pedro).

Treinador: Vítor Campelos.

- Farense: Bento, Hugo Ventosa, Diogo Silva, Lameirão, Hugo Luz, Califo, Rui Duarte, Neca (Gonzalez, 85'), Carlos Rodrigues, Harramiz (Carvalho, 46') e Yang Tan (Mailó, 61').

(Suplentes: Ricardo, Gonzalez, Mailó, Alan, Edinho, Carvalho e Tin). 

Treinador: Abel Xavier.

Árbitro: Tiago Martins (Lisboa).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Harramiz (4'), Jairo (33'), Califo (50'), Carvalho (80'), Gonzalez (88') e Diogo Silva (90').

Assistência: Cerca de 200 espectadores.

terça-feira, abril 14

Vitória justa!


0 comentários
Farense 2-0 Atlético

O Farense venceu este sábado o Atlético por 2-0, conseguindo distanciar-se dos últimos lugares da tabela classificativa, em jogo da 38.ª jornada da 2º Liga portuguesa.

Yang Tan abriu o marcador para a equipa da casa, com um golo de cabeça, aos 17 minutos, com o Farense a dilatar a vantagem na segunda parte, aos 59 minutos, por intermédio de Lameirão.

Logo no primeiro lance de perigo do encontro, Yan Tang deu a melhor sequência a um cruzamento de Hugo Luz, do lado esquerdo.

Durante a primeira parte, o domínio continuou sempre do lado dos algarvios, com a equipa visitante a não conseguir criar situações de perigo junto da baliza adversária.

O Atlético ainda teve uma boa oportunidade para chegar à igualdade, numa grande penalidade a sancionar uma carga de Harramiz sobre Roberto, mas Silas, na conversão, viria a falhar, rematando ao lado da baliza.

Mesmo antes do intervalo, Irobiso ainda tentou fazer um segundo golo para os algarvios, mas não foi feliz na finalização e as equipas recolheram aos balneários com a equipa da casa em vantagem.

Na segunda parte, o Farense continuou a exercer maior domínio no encontro e foi com naturalidade que ampliou a vantagem, aos 59 minutos, num cabeceamento de Lameirão, que correspondeu com sucesso a um cruzamento do lado direito.

Até ao final do encontro, o Farense optou por gerir a vantagem no marcador, distanciando-se do Atlético em termos de classificação.

Jogo no Estádio de São Luís, em Faro.

Farense - Atlético Clube de Portugal, 2-0.

Ao intervalo:1-0

Marcadores:

1-0, Yang Tan, 17 minutos.

2-0, Lameirão, 59.

Equipas:

Farense: São Bento, Hugo Ventosa, Diogo Silva, Lameirão, Hugo Luz, Rui Duarte, Neca (Gonzalez, 87), Carlos Rodrigues, Harramiz (Carvalho, 57), Yang Tan (Edinho, 72), Irobiso.

(Suplentes: Ricardo, Gonzalez, Mailó, Edinho, Carvalho, Tim, Califo).

Treinador: Abel Xavier.

Atlético: Igors, Leandro Albano, Pierre Mbembe, Tiago Duque (Jota, 62), Pedro Almeida, Roberto, Amit, Silas, Bata (Palácios, 45), Lopez, Jorge Gonçalves (Dady, 76).

(Suplentes: Meira, Vítor Almeida, Manuel Liz, Palacios, Quinaz, Dady, Jota).

Treinador: Carlos Pereira.

Árbitro: Tiago Antunes (Coimbra).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Carlos Rodrigues (40), Ventosa (70), Edinho (75), Neca (80), Irobizo (90+2) e Jota (90+4).

Assistência: Cerca de 800 espetadores.

Fonte: http://record.xl.pt

sábado, abril 11

Farense denuncia tentativa de aliciamento


0 comentários
II Liga: Farense denuncia tentativa de aliciamento, Atlético demarca-se
O Farense denunciou, esta quinta, uma tentativa de aliciamento a jogadores da sua equipa, para facilitarem no jogo do próximo sábado, com o Atlético, da 38.ª jornada da II Liga. 

«Um indivíduo estrangeiro apresentou-se ao Califo e ao Kiki Ballack como suposto representante do Atlético, para lhes prometer verbas, em troca de facilitarem a vitória do Atlético na partida de sábado», disse o presidente do clube algarvio, António Barão, à agência Lusa. 

O contato, conta o líder do Farense, terá sido feito presencialmente esta quinta, no café contíguo às instalações do clube, e os jogadores alertaram de imediato o presidente do emblema de Faro para a situação. 

Segundo o dirigente, outros dois jogadores, Rui Duarte e Neca, terão sido contactados pelo indivíduo para serem abordados posteriormente, tendo a proposta concreta sido feita apenas a Califo e a Kiki Ballack. 

António Barão contactou de imediato o presidente da Liga de clubes, Luís Duque, que terá denunciado a situação à Polícia Judiciária. 

«Falámos de imediato com o presidente da Liga e foi feita uma queixa na Judiciária. Agora, resta esperar novos desenvolvimentos. Somos vítimas e lamentamos esta situação grave», comentou.   

SAD do Atlético demarca-se 

Entretanto, a SAD do Atlético, 22.º classificado da II Liga, já reagiu, demarcando-se de um alegado aliciamento a jogadores do Farense, para facilitarem no jogo entre as duas formações, marcado para sábado. 

Em declarações à agência Lusa, o diretor desportivo da SAD, Admar Hipólito, mostrou-se indignado e demarcou-se por completo desta acusação afirmando que quer «encontrar rapidamente o responsável» e explicando que já está em contato com o Farense para «perceber o que se passou». 

«Demarcamo-nos por completo desta noticia, e mal tomámos conhecimento contactamos o Eduardo Barão, diretor do Farense, para perceber o que se passou e, além da insatisfação e indignação presente neste momento, estamos disponíveis para encontrar rapidamente o responsável por isto, porque mancha a imagem da instituição e prejudica-nos gravemente», explicou. 

Fonte: http://www.maisfutebol.iol.pt/

terça-feira, abril 7

Farense volta a perder fora de casa


0 comentários
O Aves venceu no passado sábado em casa o Farense, por 2-0, e deu mais um passo rumo à manutenção na 2ª Liga portuguesa de futebol, em jogo da 37.ª jornada.

Em jogo com uma segunda parte intensa e emotiva, em oposição a uma fraca primeira parte, a equipa de Emanuel Simões venceu com golos de Miguel Vieira, aos 02 minutos, e de Platiny, aos 82. Com 44 pontos, ultrapassou o Farense, que tem 43, estando nove pontos acima da linha de água.

O Desportivo das Aves entrou praticamente a vencer, quando Jorge Ribeiro, logo após ter proporcionado, de livre direto, uma grande defesa a Bento, cobrou um canto e Miguel Vieira apareceu a desviar, de cabeça, para o fundo da baliza algarvia (02 minutos).

A turma de Abel Xavier, em desvantagem, procurou a igualdade, explorando a velocidade de Harramiz e Irobiso nas alas, e esteve perto de conseguir quando, num dos cantos de que dispôs, Yang cabeceou ao poste (25 minutos).

Ambas as equipas, com disposição mais ofensiva no terreno, exibiram futebol de maior qualidade no segundo tempo e dispuseram de oportunidades de golo, com Yang, na 'cara' de Quim, a cabecear muito por cima, aos 58 minutos, e, depois, Rafinha, isolado, a permitir a defesa de Bento (65).

O jogo tornou-se cada vez mais partido, com o Farense a intensificar a pressão sobre a defesa contrária e a ameaçar o golo por Harramiz, aos 67 minutos, e por Carlos Rodrigues, aos 68, enquanto, na área contrária, Bento negou novamente o golo a Rafinha (71).

O conjunto algarvio voltou a falhar o empate por milímetros, em novo cabeceamento de Yang à trave, aos 78 minutos, e foi castigado pela ineficácia, quatro minutos depois, quando Platiny sentenciou a partida, com um desvio a cruzamento de Leandro (82).

Jogo no Estádio do Clube Desportivo das Aves, em Vila das Aves.

Aves - Farense, 2-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Miguel Vieira, 02 minutos.

2-0, Platiny, 82.

Equipas:

Desportivo das Aves: Quim, André Costa (Leandro, 26), Miguel Vieira, Ginho, Jorge Ribeiro, Tito, Luís Manuel, Rúben Neves (Zé Valente, 60), Pedro Pereira, Rafinha (Grosso, 81) e Platiny.

(Suplentes: Rui Faria, Leandro, Júnior Pius, André Dias, Grosso, Zé Valente e Caballero).

Treinador: Emanuel Simões.

Farense: Bento, Kiki, Diogo Silva, Lameirão, Hugo Luz, Carlos Rodrigues, Neca (Mailó, 81), Bruno González (Carvalho, 62), Harramiz, Irobiso (Edinho, 75) e Yang.

(Suplentes: Ricardo, Tin Karamatic, Bilro, Carvalho, Alan, Edinho e Mailó).

Treinador: Abel Xavier.

Árbitro: Pedro Vilaça (Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Hugo Luz (18), Luís Manuel (20) e Carlos Rodrigues (27).

Assistência: cerca de 700 espetadores.

Fonte: www.record.xl.pt

quarta-feira, abril 1

105 anos de história!


1 comentários

terça-feira, março 31

Algarvios indignados com arbitragem


0 comentários

Os responsáveis do Farense manifestaram ontem a sua indignação pelas forma como o conjunto algarvio foi batido pelo Chaves, queixando-se "de um penálti mal assinalado, em que um jogador da equipa da casa tropeçou nos seus próprios pés, e outros erros com influência no resultado" por parte do árbitro portuense Manuel Oliveira.

"Temos amanhã [ontem] uma reunião com o presidente do Conselho de Arbitragem marcada na sequência de erros em jogos anteriores e vamos perguntar-lhe o que se passa", refere António Barão, presidente do Farense. Após o jogo, alguns adeptos algarvios protestaram e tiveram de ser afastados com intervenção da polícia.

Fonte: www.record.xl.pt

Farense perde em Chaves com grande penalidade duvidosa ao cair do pano


0 comentários
Chaves 1-0 Farense

Um golo solitário de Raphael Guzzo, de grande penalidade, nos minutos finais, deu este domingo a vitória ao líder Chaves na receção ao Farense, em jogo de atraso da 35.ª jornada da Segunda Liga portuguesa. Somando 13 jogos sem derrota, a equipa de Trás-os-Montes consolida a liderança do campeonato, com 64 pontos, mais um do que o Tondela, que venceu hoje o Santa Clara por 2-1. 

Desportivo de Chaves e Farense, ainda que com maior atrevimento por parte dos transmontanos, tardaram em mostrar futebol, jogando muito no meio campo. O primeiro lance de perigo só surgiu aos 30 minutos e pertenceu aos algarvios, por Diogo, que, sozinho ao segundo poste e na sequência de um lance de bola parada, cabeceou ao lado. 

Cinco minutos depois, João Vieira desperdiçou duas oportunidades de inaugurar o marcador para a equipa da casa. O Chaves assumia as despesas do jogo, tinha mais posse de bola, mas não concretizava, perante um Farense muito defensivo. No reatamento, o emblema 'azul-grená' surgiu mais pressionante, mas João Vieira, aos 55, 58 e 70 minutos, não conseguiu fazer golo.

Na resposta, Irobiso podia ter dado vantagem aos algarvios, mas o guardião do Chaves estava atento. Melhor no jogo, o Desportivo de Chaves fica reduzido a dez unidades aos 78 minutos, após expulsão de Siaka Bamba.

Nos últimos minutos de jogo, Raphael Guzzo converteu uma grande penalidade, castigando falta de Ventosa sobre Miguel Ângelo, dando a vitória aos transmontanos.

Já nos minutos de compensação, Diogo ainda assustou o Chaves, mas Stéfanovic defendeu. Após o apito final, Rui Duarte ainda viu o vermelho direto, por protestos.

Jogo no Estádio Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira, em Chaves.

Chaves-Farense, 1-0. 

Ao intervalo: 0-0. 

Marcador:

1-0, Raphael Guzzo, 83 minutos (grande penalidade).

Equipas:

Chaves: Stéfanovic, Sagna, Stéphane Madeira, Miguel Ângelo, João Góis, Siaka Bamba, Raphael Guzzo, João Vieira (Ericson, 82), Arnold (Hugo Santos, 63), Barry e Luís Pinto (João Reis, 46).

Suplentes: Paulo Ribeiro, Hugo Santos, João Reis, João Vicente, Gustavo Souza, Alioune Fall e Ericson.

Treinador: Carlos Pinto. 

Farense: Bento, Ventosa, Diogo, Lameirão, Califo (Kiki, 43), Carlos, Rui Duarte, Irobiso, Carvalho (Alan, 87), Yang (Edinho, 63) e Harramiz.

Suplentes: Ricardo, Kiki, Alan, Edinho e Tim.

Treinador: Abel Xavier. 

Árbitro: Manuel Oliveira (Porto). 

Ação disciplinar: cartão amarelo para Stéphane Madeira (09), Lameirão (10), Carvalho (22), Siaka Bamba (33 e 78), Rui Duarte (56), Sagna (77), Ventosa (83) e Stéfanovic (89). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Siaka Bamba (78). Cartão vermelho direto para Rui Duarte (após o final do jogo).


Fonte: www.record.xl.pt

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px