terça-feira, março 24

A raça superiorizou-se à superioridade numérica!


0 comentários
Farense 2-1 Freamunde






O Farense, em inferioridade numérica desde o minuto 42, venceu este domingo o Freamunde por 2-1, conseguindo o triunfo na segunda parte do jogo da 36.ª jornada da 2.ª Liga.

Irobiso abriu o marcador para a equipa da casa, logo aos cinco minutos e, ainda na primeira parte, Bruno Gonzalez recebeu ordem de expulsão, mas os algarvios, que viram Djim igualar aos 50, acabaram por festejar o triunfo graças a um tento de Neca, quatro minutos depois.

O Farense, que regressou às vitórias quatro jornadas depois, aguentou a pressão até ao fim e prolongou a crise do adversário, que se mantém na luta pela subida mas somou o sexto jogo consecutivo sem triunfar.

A equipa da casa abriu o marcador logo na primeira oportunidade, aos cinco minutos, por Irobiso, abrindo caminho para uma primeira parte bastante repartida, com o Freamunde a assumir mais ascendente e o Farense a apostar no contra-ataque.

O cenário resultou na divisão das melhores oportunidades: aos 37 minutos, Pedrinho cabeceou ao segundo poste e São Bento salvou em cima da linha, com os forasteiros a protestarem que a bola já estaria dentro, e, três minutos depois, Harramiz obrigou Marco a duas excelentes defesas.

O Farense ficou reduzido a dez jogadores aos 42 minutos, com a expulsão de Bruno Gonzalez, que viu dois amarelos em três minutos, e cedeu a igualdade já no início da segunda metade, por Djim (50'), que tinha sido aposta do técnico do Freamunde ao intervalo.

O empate durou apenas quatro minutos: aos 54', Neca aproveitou um passe longo de Califo e a saída extemporânea do guardião Marco, ganhando a discussão a dois defesas para rematar de primeira, num golo de belo efeito.

O Farense recuou as suas linhas e aguentou a vantagem até ao apito final, perante um Freamunde pressionante que justificou o empate, do qual esteve muito perto aos 73 minutos, num lance de perigo evitado por São Bento com a ajuda da barra.

Jogo no Estádio de São Luís, em Faro.

Farense - Freamunde, 2-1.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Irobiso, 5 minutos.

1-1, Djim, 50'.

2-1, Neca, 54'.

Equipas:

- Farense: São Bento, Hugo Ventosa, Diogo Silva, Lameirão, Califo, Rui Duarte, Neca (Kiki Ballack, 90'+3), Harramiz, Bruno Gonzalez, Irobiso (Bruno Carvalho, 77') e Yang Tan (Edinho Júnior, 60').

Suplentes: Ricardo, Mailó, Kiki Ballack, Alan Khabalov, Edinho Júnior e Bruno Carvalho.

Treinador: Abel Xavier.

- Freamunde: Marco, Mesquita, Rocha, Amadeu (Dally, 71'), Rainho, Robson, Pedrinho (Jô, 62'), Lio, Fausto, Paulo Roberto e Ansumane (Djim, 46').

Suplentes: Jorge Baptista, Barbosa, Jô, Huguinho, Artur Jorge, Dally e Djim.

Treinador: Filipe Rocha.

Árbitro: Bruno Esteves (Setúbal).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Califo (11'), Paulo Roberto (28'), Bruno Gonzalez (39' e 42'), Mesquita (63'), Hugo Ventosa (66'), Irobiso (68'), Djim (69'), Neca (72') e Rocha (82'). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Bruno Gonzalez (42').

Assistência: Cerca de 800 espectadores.

Fonte: http://www.record.xl.pt/

domingo, março 15

Farense volta a perder no São Luís com mais uma exibição para esquecer...


0 comentários
Farense 0-3 Benfica B

O Benfica B regressou este domingo às vitórias, com um triunfo claro na visita ao terreno do Farense, por 3-0, em jogo da 34.ª jornada da II Liga, marcado por quatro expulsões, duas para cada lado.

A equipa encarnada, que não vencia há três jornadas, garantiu o triunfo com dois golos a abrir e a fechar a primeira metade, por Dawidowicz (2') e Nélson Semedo (45'+2), sendo que pelo meio Neca falhou uma grande penalidade, antes de Nuno Santos selar o resultado, aos 72'.

Um golo do polaco Pawel Dawidowicz, a corresponder de cabeça ao canto marcado por João Teixeira, logo ao segundo minuto de jogo, deu tranquilidade ao Benfica B, que aos 15' teve outra boa notícia, com a expulsão de Carlos, por entrada perigosa sobre Renato Sanches.

O Farense, que com esta derrota somou o quarto jogo sem vencer, acusou mentalmente o mau início de jogo e aos 23', Neca, chamado à execução de uma grande penalidade, atirou muito por cima.

O Benfica B, que entretanto já vira Alexandre Alfaiate ser expulso (37'), esteve sempre mais perigoso, com São Bento a somar boas defesas, mas a mostrar-se incapaz de parar o remate de Nelson Semedo, ao segundo minuto de descontos da primeira parte.

Na segunda metade, a equipa orientada por Hélder Cristóvão defendeu tranquilamente a vantagem e, já com nove jogadores, chegou ao terceiro golo, por Nuno Santos, que rematou de primeira após cruzamento de Gonçalo Guedes (72').

Até final, João Teixeira ainda esteve perto do quarto tento, com um tiro de meia distância ao poste (87'), enquanto o Farense, apático e sem soluções, acabou também com nove jogadores, devido à expulsão de Karamatic nos descontos.

Jogo no Estádio de São Luís, em Faro.

Farense - Benfica B, 0-3.

Ao intervalo: 0-2.

Marcadores:

0-1, Pawel Dawidowicz, 02 minutos.

0-2, Nelson Semedo, 45+2.

0-3, Nuno Santos, 72.

Equipas:

Farense: São Bento, Hugo Ventosa (Mailó, 68), Karamatic, Lameirão, Kiki Ballack, Carlos, Neca, Rui Duarte (Bruno Gonzalez, 76), Harramiz (Alan Khabalov, 60), Yang Tan e Irobiso.

Suplentes: Ricardo, Diogo Silva, Bruno Gonzalez, Carlitos, Mailó, Alan Khabalov e Edinho Júnior).

Treinador: Abel Xavier.

Benfica B: Miguel Santos, Nélson Semedo, João Nunes, Lystcov, Alexandre Alfaiate, Pawel Dawidowicz, Renato Sanches, João Teixeira, Gonçalo Guedes (Elbio Álvarez, 88), Sarkic (Pedro Rebocho, 42) e Nuno Santos (Hildeberto Pereira, 83).

Suplentes: André Ferreira, Victor Andrade, Pedro Rebocho, Elbio Álvarez, Diogo Gonçalves, João Carvalho e Hildeberto Pereira).

Treinador: Hélder Cristóvão.

Árbitro: André Moreira (Leiria).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Alexandre Alfaiate (21 e 37), Karamatic (29 e 90+3), Lystcov (50 e 65), Gonçalo Guedes (80), Renato Sanches (90+2) e Hildeberto Pereira (90+3). Cartão vermelho direto para Carlos (15) e cartão vermelho por acumulação de amarelos para Alexandre Alfaiate (37), Lystcov (65) e Karamatic (90+3).

Assistência: Cerca de 1.500 espetadores.

Fonte: http://www.record.xl.pt

quarta-feira, março 11

Jogo decidido em 3 minutos!


2 comentários
V. Guimarães B 2-0 Farense

O Vitória de Guimarães B venceu esta quarta-feira em casa o Farense por 2-0 e regressou aos triunfos na Segunda Liga portuguesa, em encontro da 33.ª jornada, depois da derrota no reduto do Beira-Mar. Os golos de Nassim Zitouni (60 minutos) e Knezevic (63) materializaram a superioridade dos vimaranenses, que somam agora 49 pontos na Segunda Liga, ao passo que os algarvios, que não perdiam há três jogos, continuam com 40.

Os vimaranenses tiveram muita posse de bola no primeiro tempo, circulando o esférico no meio campo contrário, mas o Farense, bem organizado defensivamente e pressionante sobre o portador da bola, impediu a criação de situações de finalização por parte da turma da casa.

Os algarvios, tentando explorar o contra-ataque, dispuseram, aliás, do lance mais perigoso da primeira parte, quando Irobiso entrou na área pelo lado direito e procurou assistir Yang, mas Dénis, com um corte providencial, impediu o golo do Farense (24 minutos).

A formação vitoriana reentrou com mais intensidade, começou a criar mais lances junto à baliza do Farense e, aos 60 minutos, colocou-se em vantagem, quando Nassim Zitouni ganhou espaço na área adversária e rematou, com a bola a tabelar num defesa algarvio e a trair Bento.

O conjunto de Abel Xavier, com o golo sofrido, viu-se obrigado a conceder mais espaço e consentiu novo golo três minutos depois, quando, num contra-ataque, Knezevic ganhou em velocidade a Carlitos, isolou-se e, depois de Bento ter defendido o primeiro remate, ampliou, ao segundo, a vantagem vimaranense.O Farense ainda esteve perto de reduzir, aos 65 minutos, quando Alan permitiu a defesa do isolado Miguel Oliveira, mas não mais criou perigo e quase sofreu o terceiro aos 77, quando João Vigário rematou ao poste.

Jogo no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Vitória de Guimarães B-Farense, 2-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

1-0, Nassim Zitouni, 60 minutos.

2-0, Knezevic, 63.

Equipas:

Vitória de Guimarães B: Miguel Oliveira, Arrondel, Dénis, Lima Pereira, Luís Rocha, João Pedro, Bruno Alves (Helinho, 86), Nassim Zitouni (Fábio Vieira, 80), Knezevic, Alexandre Silva (Isaac, 71) e João Vigário.

Suplentes: Miguel Silva, Gilberto, Dabo, Fábio Vieira, Helinho, Cláudio e Isaac).

Treinador: Armando Evangelista.

Farense: Bento, Hugo Ventosa, Kiki, Lameirão, Califo (Carlitos, 56), Bilro (Mailó, 70), Carlos Rodrigues, Bruno González, Alan (Edinho Júnior, 70), Yang e Irobiso.

Suplentes: Ricardo, Carlitos, Tin Karamatic, Rui Duarte, Neca, Edinho Júnior e Mailó).

Treinador: Abel Xavier.

Árbitro: Jorge Tavares (Aveiro).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Knezevic (38) e Hugo Ventosa (80).

Assistência: Cerca de 1.500 espetadores.

segunda-feira, março 9

Dérbi termina empatado


1 comentários
Farense 2-2 Olhanense


O Farense e o Olhanense empataram este sábado 2-2, em jogo da 32.ª jornada da Segunda Liga, no qual a equipa de Faro anulou duas vantagens do rival de Olhão.

O encontro ficou decidido logo na primeira parte: os golos de Galassi (7') e Adilson (38') colocaram o Olhanense, que ainda falhou uma grande penalidade, na frente do marcador por duas vezes, mas Edinho Júnior (9') e Neca (44') garantiram a igualdade.

O resultado ajustou-se à prestação das duas equipas depois de uma segunda parte mais pobre e manteve o jejum do Olhanense, que somou o décimo jogo sem ganhar (o sexto do técnico italiano Cristiano Bacci), ocupando o 21.º lugar, com 32 pontos, enquanto o Farense é 16.º, com 40.

A primeira parte, sem grande qualidade ao nível do futebol praticado, valeu pela animação proporcionada pelos quatro golos, cuja marcha arrancou aos 07 minutos, num livre direto perfeito do médio italiano Galassi.

Dois minutos depois, Edinho Júnior celebrou no dia do 21.º aniversário e assinou o golo do empate, respondendo de cabeça, ao segundo poste, a um cruzamento de Hugo Ventosa.

A emoção regressou nos últimos dez minutos da primeira metade: Celestino atirou ao poste na marcação de um penálti (35'), Adilson fez o 1-2 num desvio certeiro ao segundo poste após centro de Femi Balogun (38') e Neca empatou na execução de um livre direto (44').

Na segunda parte, o equilíbrio manteve-se mas o nível do futebol piorou e o perigo só se aproximou de uma das balizas aos 82', quando Nuno Diogo cortou o remate de Edinho Júnior em cima da linha.

Jogo no Estádio de São Luís, em Faro.

Farense - Olhanense, 2-2.

Ao intervalo: 2-2.

Marcadores:

0-1, Galassi, 7 minutos
1-1, Edinho, 9
1-2, Adilson, 38
2-2, Neca, 44


Farense: São Bento, Hugo Ventosa, Kiki Ballack, Lameirão, Califo, Carlos, Rui Duarte, Harramiz, Neca (Yang Tan, 70), Edinho Júnior e Mailó (Irobiso, 62).

Suplentes: Ricardo, Bruno Gonzalez, Alan Khabalov, Yang Tan, Bilro, Karamatic e Irobiso).

Treinador: Abel Xavier.

Olhanense: Ricardo Ribeiro, Duarte Machado, Diakhité, Nuno Diogo, Pedrelli, Rodrigo António, Celestino (Diogo Melo, 75), Adilson (González Prado, 75), Galassi, Femi Balogun (Murilo, 81) e Mastriani.

Suplentes: Svedkauskas, Gonzalez Prado, Murilo, Faye Balla, Diogo Melo, Coubronne e Ponce).

Treinador: Cristiano Bacci.

Árbitro: Jorge Ferreira (Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Hugo Ventosa (06), Harramiz (26 e 90+3), Duarte Machado (55), Neca (61), Irobiso (67), Rui Duarte (77) e Galassi (85). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Harramiz (90+3).

Assistência: Cerca de 4000 espectadores

Fonte: www.record.xl.pt

segunda-feira, março 2

Chegada atrasada ao estádio


1 comentários
APARATO POLICIAL ACOMPANHA CLAQUE DO FARENSE


A claque do Farense, os "South Side Boys", deu entrada no Estádio Municipal de Portimão, para assistir ao dérbi entre Portimonense e Farense, já com o jogo a decorrer e envolta em fortes medidas de segurança.

O autocarro com a claque foi acompanhado por cinco viaturas da PSP, com o total de adeptos a ser semelhante ao número de agentes do Corpo de Intervenção (aproximadamente 50).

No lado oposto, regista-se o regresso à atividade da claque "Marafados", do Portimonense, em união de esforços com outra claque, os "Bianconero", num jogo que foi acompanhado por cerca de dois mil adeptos.

http://www.record.xl.pt

Mailó foi o salvador!


1 comentários

Portimonense 1-1 Farense



Portimonense e Farense empataram este domingo a um golo, em Portimão, em encontro da 31.ª jornada da 2.ª Liga, com a equipa de Faro a evitar nos minutos finais a derrota no dérbi algarvio. Zambujo, com um golo a fechar a primeira parte, aos 41 minutos, colocou o Portimonense na frente do marcador, e Mailo, aos 88, apontou o tento que deu o empate ao Farense.

Num dérbi equilibrado, ambos os conjuntos repartiram o domínio do jogo, mas foi o Portimonense a mostrar maior atrevimento ofensivo ao longo de toda a partida. A formação da casa colocou-se em vantagem antes do intervalo, num trabalho individual de Zambujo, depois de três ocasiões desperdiçadas, por Dieguinho (27' e 30 minutos) e Maurício (33').

No segundo tempo, o Farense entrou com outra determinação ofensiva, mas foi a formação de Carlos Azenha quem mais perto esteve do golo: Zambujo e Dieguinho viram os seus remates travados pelo guarda-redes Bento. A troca de Carvalho por Mailo deu maior frescura à formação de Faro e foi mesmo o jogador que saiu do banco a empatar o jogo, ao aproveitar um deslize dos centrais do Portimonense e apontar, a dois minutos do final, o tento que evitou a derrota da formação de Abel Xavier.

Jogo no Estádio Municipal de Portimão.

Portimonense-Farense, 1-1.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores: 1-0, Zambujo, 41 minutos. 1-1, Mailó, 88'.

Equipas:

Portimonense: Ricardo Ferreira, Ricardo Pessoa, Ivo Nicolau, Maurício, Mamadu, Ewerton, Dieguinho (Gleison, 69'), Fernandinho, João Paulo (Fabrício, 60'), Zambujo e Fidélis (Pires, 77').

Suplentes: Carlos Henriques, Fabrício, Ryuki, Pires, Paraíba, Lazaroni e Gleison).

Treinador: Carlos Azenha.

Farense: Bento, Ventosa, Kiki, Tim, Califo, Carvalho (Mailo, 60'), Carlos, Gualter Bilro (Neca, 56'), Hugo Luz (Alan Khabalov, 29'), Edinho e Irobiso.

Suplentes: Ricardo, Gonzalez, Rui Duarte, Mailo, Alan Khabalov, Yang e Neca.

Treinador: Abel Xavier.

Árbitro: Rui Costa (Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para João Paulo (45'), Dieguinho (58'), Maurício (63'), Ricardo Ferreira (82') e Gleison (90').

Fonte: http://record.xl.pt

Assistência: Cerca de 1.500 espectadores.

quarta-feira, fevereiro 25

Neca decide no último lance do desafio


1 comentários
Farense 1-0 Beira-Mar

NECA MARCOU NO ÚLTIMO LANCE DO JOGO



Um livre direto de Neca, no último lance do jogo entre Farense e Beira-Mar, da 30.ª jornada da 2.ª Liga, deu esta quarta-feira aos algarvios o segundo triunfo consecutivo caseiro, por 1-0.

O médio português, que tinha saído do banco como aposta do técnico Abel Xavier para a última meia hora, acabou por desbloquear, ao quarto minuto de descontos, uma igualdade que assentaria melhor a uma partida equilibrada.

Depois de 30 minutos iniciais muito pobres, com as duas equipas sem ideias e a apostarem apenas no pontapé longo, o jogo só aqueceu no último quarto de hora da primeira metade, fruto de iniciativas individuais. Bruno Carvalho (36 minutos) e Nadson (41') somaram dois remates perigosos ao lado, mas a melhor oportunidade pertenceu ao Farense, com um cabeceamento de Mailó ao poste, após cruzamento de Hugo Ventosa, em cima do intervalo.

O Beira-Mar reentrou com mais dinâmica na segunda parte e dispôs de duas boas oportunidades para chegar ao golo, mas Juliano (53 minutos) e Paulinho (67') desperdiçaram, atirando ao lado. A partida manteve-se equilibrada até ao apito final, mas o ritmo voltou a decair e nem as substituições ajudaram a melhorar o rendimento dos dois conjuntos, que se limitavam a aguardar pelo esperado empate nos minutos finais.

Contudo, ao quarto minuto de descontos, Neca assumiu a marcação de um livre direto, em posição frontal, e executou de forma primorosa, deixando Rui Rêgo pregado ao relvado e dando o triunfo à sua equipa, com o árbitro a apitar imediatamente depois para o fim da partida.

Jogo no Estádio de São Luís, em Faro.

Farense - Beira-Mar, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador:

1-0, Neca, 90+4 minutos.

Equipas:

- Farense: São Bento, Hugo Ventosa, Kiki Ballack, Lameirão, Hugo Luz, Rui Duarte (Irobiso, 69'), Bilro, Harramiz, Edinho Júnior (Neca, 58'), Bruno Carvalho e Mailó (Yang Tan, 81).

Suplentes: Ricardo, Alan Khabalov, Yang Tan, Neca, Karamatic, Irobiso e Califo.

Treinador: Abel Xavier.

- Beira-Mar: Rui Rêgo, Pedro Moreira, Alan Henrique, Fábio Santos, Vítor Vinha, Assis (Paulinho, 25'), Anderson Mattos, Kingsley, Edivândio, Juliano (Chaparro, 65') e Nadson (Edema, 72').

Suplentes: Márcio, Edema, Edu, André Nogueira, Chaparro, Paulinho e Piffero.

Treinador: Paulo Alves.

Árbitro: Manuel Oliveira (Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Lameirão (38'), Harramiz (80') e Alan Henrique (89').

Assistência: Cerca de 400 espectadores.

Fonte: http://www.record.xl.pt

domingo, fevereiro 22

Farense permite reviravolta na 2ª Parte


1 comentários
Porto B 2-1 Farense

Dois golos de Gonçalo Paciência na segunda parte deram este domingo ao FC Porto B um triunfo caseiro, por 2-1, diante do Farense, em jogo da 29.ª jornada da 2.ª Liga.

O Farense entrou bem e aproveitou alguma passividade inicial do conjunto portista, tendo Carvalho obrigado Gudiño a uma boa defesa para canto logo aos 6 minutos. Três minutos depois, a equipa algarvia marcou, Ventosa fugiu pelo corredor direito do seu ataque, cruzou e Irobiso antecipou-se à defesa e ao guardião portista e, com um desvio subtil, fez o 1-0.

O golo espicaçou o FC Porto e o Farense teve de recuar para o seu meio campo, para melhor fazer frente à forte reação portista e proteger a sua baliza. Apesar disso, os dragões criaram algumas situações de grande perigo e até de golo. Aos 13 minutos, Fréderic isolou-se, entrou na área adversária e rematou, mas Bento saiu bem e ofereceu o corpo à bola, evitando assim o empate.

A pressão portista intensificou-se gradualmente e os algarvios raramente conseguiram sair do seu meio terreno.Com um remate de meia-distância, André Silva acertou na barra da baliza de Bento, com este batido (22).

O golo portista pareceu inevitável ainda antes do intervalo, mas chegou só na segunda parte. A entrada de Ruben Macedo para o lugar do desinspirado Pité e a vivacidade de Fréderic fizeram grande mossa na defesa algarvia e anunciaram o empate, que chegou aos 59 minutos. Ruben Macedo cruzou, Fréderic rematou e Bento defendeu, mas a bola ficou à mercê de Gonçalo Paciência e este fez um golo fácil, que o FC Porto justificou devido à melhoria sensível da sua produção atacante depois do intervalo.

O 2-1 chegou sete minutos depois. Fréderic arrancou um grande cruzamento da direita e Gonçalo Paciência correspondeu com um belo cabeceamento, fazendo o segundo golo do FC Porto. É verdade quer o Farense esboçou uma reação, mas nessa altura os portistas tinham o jogo controlado e Gudiño teve muito pouco trabalho, ao contrário de Bento. Foi uma vitória justa do FC Porto B, que começou mal e fez uma segunda parte autoritária ante um Farense que durou pouco e quase não atacou na segunda parte.

Estádio Luís Filipe Menezes, em Vila Nova de Gaia.

FC Porto B-Farense, 2-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores: 0-1, Irobiso, 09 minutos. 1-1, Gonçalo Paciência, 59. 2-1, Gonçalo Paciência, 66.

Equipas:

FC Porto: Gudiño, Victor Garcia, Diego Carlos, Zé António, Rafa, Leandro Silva, Pité (Ruben Macedo, 46), Pavlovski (Graça, 90), Frederic, Gonçalo Paciência (Tomás, 78) e André Silva.

Suplentes: Kadú, David Bruno, Graça, Tomás, Roniel, Anderson e Ruben Macedo).

Treinador: Luís Castro.

Farense: Bento, Ventosa, Diogo Silva (Tin, 29), Lameirão, Califo, Harramiz, Carlos, Bilro, Carvalho (Alan, 68), Irobiso (Mailo, 62) e Edinho.

Suplentes: Ricardo, González, Rui Duarte, Mailó, Kiki, Alan e Tin).

Treinador: Abel Xavier.

Árbitro: Paulo Baptista (Portalegre). Ação disciplinar: Cartão amarelo para Pité (33), Califo (49), André Silva (49) e Carlos (86).

Assistência: 478 espetadores.

Fonte:http://www.record.xl.pt

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px