sábado, fevereiro 27

Bruno Paixão encostou o Farense às cordas


2 comentários
32ª Jornada
Portimonense 1-0 Farense


Um golo solitário de Jadson deu este sábado a vitória 1-0 ao Portimonense diante do Farense, em jogo da 32.ª jornada da Segunda Liga, o qual o Farense terminou com dez jogadores. No Estádio Municipal de Portimão, Jadson, aos 80 minutos, assinou o único golo do dérbi algarvio, em que o Farense jogou a segunda parte com apenas dez elementos, por expulsão de Osama (42), por acumulação de cartões amarelos.

Apesar de ter jogado em inferioridade, o Farense conseguiu manter o equilíbrio no duelo algarvio, tendo sido a equipa que mais situações de golo construiu ao longo da partida.

O guarda-redes Ricardo Ferreira esteve em particular evidência, ao travar os remates de Rambé (30), Paulinho (48), Harramiz (57) e Sunday (90).


Durante a primeira parte, o Portimonense praticou um futebol de pontapé para a frente e, apesar de ter tido maior posse de bola, a formação comandada por José Augusto não criou uma única oportunidade de golo.

Na segunda parte, o Portimonense entrou com maior dinâmica ofensiva, mas foi o Farense quem esteve mais perto do golo, quando, aos 48 minutos, Paulinho, isolado, viu Ricardo Ferreira desviar o remate.

No seu melhor período, o Portimonense acabou por chegar ao golo, aos 80 minutos, por intermédio de Jadson, que, na sequência de um pontapé de canto, desviou de cabeça ao primeiro poste, colocando a bola fora do alcance do guarda-redes Bento.

O Farense ainda reagiu e nos instantes finais voltou a ameaçar a baliza de Ricardo Ferreira, com o guarda-redes a evitar o golo a Sunday, na cobrança de um livre direto.

Jogo no Estádio Municipal de Portimão.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador: 1-0, Jadson, 80 minutos.

Portimonense: Ricardo Ferreira, Ricardo Pessoa, Ivo Nicolau, Jadson, Lumor, Zambujo (André Ferreira, 80), Marcel (Fidelis, 65), Ewerton, Ryuki (Musa Yahaya, 46), Fabrício e Pires.

Suplentes: Carlos Henriques, Fidelis, Musa Yahaya, Mamadu, André Ferreira, Ferreira e Juninho.

Treinador: José Augusto.

Farense: Bento, Ventosa (Carvalho, 86), Roni, Delmiro, Diogo, Osama Rashid, Márcio Sousa (Sunday, 84), Tiago Jogo, Paulinho (Femi, 67), Harramiz e Rambé.

Suplentes: Ricardo, Diogo Silva, Thomas, Bilro, Femi, Sunday e Carvalho).

Treinador: Horácio Gonçalves.

Árbitro: Bruno Paixão (Setúbal).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Osama (21 e 42), Marcel (59), Tiago Jogo (72), Roni (88) e Fabrício (90). Cartão vermelho por acumulação de cartões amarelos para Osama (42).

Assistência: Cerca de 900 espetadores.
 
Fonte: Record

Comments

2 comments to "Bruno Paixão encostou o Farense às cordas"

ADEPTO disse...
11:27 da manhã

Não há vitórias morais...e perdemos por culpa nossa e só nossa num dos melhores jogos que fizemos fora de portas; não se podem falhar tantas oportunidades (5-6) de golo eminente,nem se pode dar oportunidade a árbitros desta categoria que estragam por completo um jogo que até à expulsão e depois dela decorreu virilmente,feito de contactos e por fim uma desatenção numa bola parada ditou-nos a sorte.Foi notório que o primeiro amarelo ao nosso jogador foi forçado e ditou nas "entrelinhas" a intenção deste artista.Possivelmente o Farense tem má estrela com esta classe de profissionais, pois assistimos no S luís a constantes interpelações indecorosas do bancos adversários perante a maior passividade deles e ontem assim que o nosso técnico Serrão gesticulou foi acompanhar o Osama ao balneário.Este jogo foi a "cereja em cima do bolo" para aprendermos de vez que não basta ter jogadores,claque,empenho e brio profissional,nem vale a pena chorar,pois que já sabemos que somos pequenos no contexto futebolistico financeiro e conseguimos rir quando os ditos grandes nos confrontos com os mercedes,audis e volkswagen etc... choram a diferença abismal financeira dos orçamentos,mas dentro do burgo usam essa mesma espada para nos encostar à parede.Não vale a pena mudar de treinador,nem de muitos jogadores,sem olharmos a todos os outros fatores que apodrecem o futebol,nem vale a pena fazermos queixa ao s.pedro....só nos resta percebermos as regras do jogo,sermos assertivos e ter instinto "killer" pro GOLO.Eu acredito....FARENSE À VITÓRIA....FARENSE SEMPRE!!!!!!!!

ADEPTO disse...
7:03 da tarde

https://www.youtube.com/watch?v=lMkOudSxbBc

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px