quinta-feira, dezembro 12

Farense derrotado ao fim de 12 jogos, ao cair do pano!


1 comentários

Trofense 1-0 Farense


Um golo solitário do avançado colombiano Viafara, na fase final do encontro, permitiu esta quarta-feira ao Trofense vencer o Farense, por 1-0, em partida da 20.ª jornada da Segunda Liga portuguesa A equipa da Trofa, que averbou o segundo triunfo consecutivo, ganhou fôlego na fuga aos últimos lugares da classificação e colocou um ponto final à série invencível de 12 jogos que os algarvios somavam há mais de dois meses.

A expulsão do jogador do Farense Rambé, aos 53 minutos, por acumulação de amarelos, acabou por ser decisiva, pois permitiu aos nortenhos construírem um ascendente na segunda parte, materializado com o tento da vitória, aos 88 minutos. Durante a etapa inicial, período em que as duas equipas jogaram em igualdade numérica o equilíbrio prevaleceu, com a turma de Faro mais insistente nas movimentações ofensivas e os locais a responderem em contra-ataque. Ainda assim, foram parcas as situações de golo, registando-se apenas os cabeceamentos de Viafara (11) e Preciado (18), para o Trofense, e um remate de Rambé (26), para o Farense.

Precisamente o avançado dos algarvios acabaria por ser figura negativa da sua equipa, ao ver, já no arranque da etapa complementar, o segundo amarelo, por uma falta displicente. Dispondo da vantagem numérica, o Trofense cresceu e impôs-se como a equipa mais afoita na procura do golo. João Jesus e Hélder Sousa, na mesma jogada, fizeram brilhar o guarda-redes Ivo, que ajudava a manter a coesão defensiva do Farense. Mas, quando o nulo parecia prevalecer, a equipa da Trofa esboçou uma investida letal. Mateus Fonseca arrancou um cruzamento perfeito e Viafara, com um grande cabeceamento, "selou" o triunfo da equipa, já não dando hipótese para que os algarvios reagissem.

Jogo no Estádio do CD Trofense, na Trofa.

Trofense-Farense, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador: 1-0, Viafara, 88 minutos.

Equipas

Trofense: Conrado, Tiago Mesquita, Dennis, Luís Alberto, Rateira, Tiago, Jorge Inocêncio, Hélder Sousa (Rafinha, 84), Jairo Padilla (Mateus Fonseca, 14), Jhoan Viafara e Preciado (João Jesus, 61).

Suplentes: Diogo Freire, Mateus Fonseca, Rafinha, João Jesus, André Viana, Paulo Monteiro e Neves.

Treinador: Porfírio Amorim.

Farense: Ivo, Carlitos, Ubay, Diogo Silva (João Reis, 89), Hugo Luz, Lameirão, Fábio Felício (Matias, 59), Hernâni, Rambé, Adelaja (Diop, 84) e Ibukun.

Suplentes: Ricardo, Diop, Matias, Atabu, João Reis, Fausto e Peixinho.

Treinador: Jorge Paixão.

Árbitro: Olgário Benquerença (Leiria).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rambé (38 e 53), Viafara (55), João Jesus (70), Jorge Inocêncio (72) e Hélder Sousa (81). Cartão Vermelho por acumulação para Rambé (53)

Assistência: cerca de 750 espetadores.

Fonte: www.record.pt

Comments

1 comments to "Farense derrotado ao fim de 12 jogos, ao cair do pano!"

ADEPTO disse...
5:27 da tarde

Não aguentamos a corda por pouco....já se tinha previsto que seria um embate difícil de ultrapassar.Mas serviu para mostrar que até ao lavar do cesto é vindima e só conseguiremos manter a senda das vitórias com a coesão que até aqui temos mostrado.Sofrer um golo é normalíssimo num jogo,mas não marcar nenhum é que não é nada bom.Esta derrota não retira o estado graça à equipa e damos os parabéns ao nosso treinador pela personalidade que mostrou no fim do jogo ao assumir a derrota,reconhecendo que o trofense foi superior.Mostrou ser um Homem de H na hora da derrota.Relaxemos e voltemos à carga

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px