sábado, outubro 12

Com medo de tentar vencer...


1 comentários
                                  Farense 0-0 Tondela




O Farense e o Tondela empataram este sábado (0-0), em jogo em atraso da décima jornada da Segunda Liga, disputado no Estádio de São Luís, em Faro, mas os forasteiros estiveram sempre mais perto do golo. Num jogo que as duas equipas acabaram com dez jogadores, a equipa orientada por Vítor Paneira - que mostrou melhor organização coletiva e criou mais oportunidades de golo, especialmente na primeira parte - merecia sair do Algarve com os três pontos, face a um Farense apático e pouco imaginativo.

O Tondela, mais bem organizado, dinâmico e afoito em termos ofensivos, exibiu-se em melhor plano durante toda a primeira parte, instalando-se no meio-campo dos algarvios, que não tiveram resposta para a atitude adversária. Depois de uma primeira ameaça de Dally, aos quatro minutos, foi Piojo a ter nos pés a primeira oportunidade clara do encontro, aos oito minutos, surgindo isolado mas permitindo a defesa do guardião Ivo.

O Farense, que só rematou uma vez na primeira metade (Adelaja por cima, aos 28 minutos), pareceu ter uma boa notícia aos 37 minutos, quando Piojo foi expulso por agressão a Rambé, mas daí não tirou quaisquer benefício. Aliás, foi o Tondela que continuou "por cima" até ao intervalo, estando perto do golo em duas ocasiões, evitadas por Ibukun, com um corte na hora exata (40), e por Ivo, com uma defesa apertada a remate de Dally (45). Pouco depois do início da segunda parte, aos 57 minutos, as equipas voltaram a ficar em igualdade numérica, com a expulsão de Atabu, por agressão a Calé, que três minutos depois voltou a estar perto do golo, mas rematou por cima.

Com a aposta de Jorge Paixão no uruguaio Juan, emprestado pelo Benfica, e em João Reis, aos 70 minutos, o Farense melhorou, pressionando mais à frente, mas o Tondela teve sempre o controlo da partida. A equipa da casa só criou perigo aos 89 minutos, num livre direto de Juan que obrigou Cláudio Ramos, em voo, à defesa da tarde.

Com o "nulo", o Tondela manteve-se no oitavo lugar, com 16 pontos, enquanto o Farense subiu para o 20.º posto, com sete pontos.

Jogo no Estádio de São Luís, em Faro.

Farense-Tondela, 0-0.

Ao intervalo: 0-0.

Equipas

Farense: Ivo, Carlitos, Luzardo, Lameirão, Hugo Luz, Gualter Bilro, Atabu, Ibukun (Matias, 84), Hernâni (João Reis, 70), Adelaja (Juan, 70) e Rambé.

Suplentes: Ricardo, Diogo Silva, Matias, Juan, João Reis, Fábio Felício e Peixinho.

Treinador: Jorge Paixão.

Tondela: Cláudio Ramos, Palmeira, Pica, Deyvison, João Vicente, Fábio Pacheco, Boubacar, Calé (Fausto, 81), Dally (Jô, 84), Tozé Marreco (Tiago Barros, 90+3) e Piojo.

Suplentes: Ricardo Andrade, Pedrosa, Jô, Tiago Barros, Márcio Sousa, Robson e Fausto.

Treinador: Vítor Paneira.

Árbitro: Pedro Ferreira (Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Boubacar (52), Luzardo (63), Deyvison (68 e 90) e Carlitos (90+4). Cartão vermelho direto para Piojo (37) e Atabu (57) e cartão vermelho, por acumulação de amarelos, para Deyvison (90).

Comments

1 comments to "Com medo de tentar vencer..."

arsenio rodrigues disse...
8:51 da tarde

Depois de ter ouvido o Relato completo,podia aqui enterrar ainda mais o Farense,mas por respeito pelo emblema nao o farei.A Onze contra dez,em casa ,e ser completamente dominado,mesmo com vantagem numérica,é simplesmente vergonhoso.Dois remates à Baliza em 95 minutos.!!!!Uma Equipa de Toscops e jogadores sem nivel absolutamente nenhum!!!Grande Barao;conseguiste ou melhor tentaste iludir os Farenses com a "Subida"!!!!Mas qual Subida????Nao serà a descida ao Inferno???

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px