terça-feira, janeiro 15

Bruno Ribeiro já não é treinador do Farense


5 comentários
Bruno Ribeiro deixa comando técnico do Farense

Bruno Ribeiro abandonou hoje o comando técnico do Farense, que milita na Zona Sul da II Divisão Nacional de futebol, numa decisão da direção liderada por António Barão, justificada pelos sete pontos de atraso para o líder. 

A desvantagem para o 1.º classificado, o Mafra, na altura em que se concluiu a primeira volta, foi, apurou o Região Sul/DiáriOnline Algarve, a principal razão do desfecho, face às ambições do clube algarvio, que passam pela subida de divisão. Bruno Ribeiro deixa o Farense no 2.º lugar da Zona Sul da II Divisão Nacional, tendo efetuado um total de 19 jogos oficiais pelo emblema, incluindo os quatro realizados na Taça de Portugal. 

No campeonato, o Farense somou oito vitórias, cinco empates e duas derrotas, enquanto na Taça de Portugal foi eliminado, em casa, pelo Beira-Mar, na 4.ª ronda, após a marcação de grandes penalidades. A equipa da capital algarvia desperdiçou vários pontos no Estádio de São Luís com equipas da metade inferior da tabela, nomeadamente Oeiras, Quarteirense, Louletano e Futebol Benfica, deixando fugir o Mafra no topo da tabela. A direção liderada por António Barão procura agora o sucessor de Bruno Ribeiro (com o técnico, saíram também os adjuntos Hernâni e Nuno Santos), que terá a missão de dar a volta à situação, procurando recuperar o atraso para o 1.º classificado.

 Edgar Pires 
 Fonte: Região Sul

Comments

5 comments to "Bruno Ribeiro já não é treinador do Farense"

ADEPTO disse...
7:43 da tarde

Era muito dificil segurar o lugar, a não ser com um "jura-mne que não me enganas mais" i.e. "que vamos ganhar os jogos todos".Bruno Ribeiro mostrou-se um Homem íntegro que foi apanhado distraido nos jogos em casa em que perdeu oito pontos em quatro empates, nos quais estava por cima no marcador e com equipas de meio tabela para baixo.Oito pontos esses que davam para colmatar os desaires de Casa Pia e Leiria e ainda sobrava um ponto para ser líder.Tentou construir uma equipa à imagem da 1ª liga e ia conseguindo senão fossem as lesões, que implicaram uma inconstância muito grande de plantel, que teve o seu auge com a sensação de estrelato que subiu à cabeça de alguns jogadores por alturas do jogo com o Beira-Mar, em que o Pedro Marques foi promovido ao fazer um bom contrato e Ibukun era a revelação.Foi pena, mas o futebol é feito de resultados e de expectativas; Bruno Ribeiro é um homem com ética futebolistica, assim como Hernâni e Nuno Santos, mas às vezes mesmo sem os ovos todos exige-se fazer omolete e o Farense tem pago a travessia do deserto com muito esforço e sacrificio e é dos poucos clubes que tem sempre um punhado de adeptos a acompanhá-lo, quer ganhe ou perca, que faz muita inveja a outros e acordam as tardes sonolentas de muitos campos de futebol onde os adeptos vão passar um bocadinho até à hora de irem ver o Benfica/Porto/Sporting. O Farense tem de reconquistar uma cidade que continua voltada de costas para o clube e só com vitórias e subindo de divisão se consegue.Ficamos tristes pela partida desta equipa técnica, mas eles melhor que ninguém sabem que o futebol alterna entre a alegria e a tristeza; perdeu-se, mas ficou a nobreza dos homens e o seu lugar na história dum clube, que tem amigos em todos os cantos do mundo.Bem-Hajam

A P Ferreira disse...
9:04 da manhã

Balela e Xabregas por mim deviam voltar e continuar o bom trabalho da época transata.
Isto, já que não podemos contar com o inimitável, experiente e vencedor Cajuda.

Nelson disse...
12:15 da tarde

Uma palavra para o nosso Presidente, PARABENS pela decisão, nós acreditamos.
FORÇA FARENSE

A P Ferreira disse...
3:16 da tarde

...mais uma sugestão que é livre de se dar:
equipa técnica formada por Pedro Miguel e Carlos Costa.

O primeiro tem provas dadas a este nível e até superior.
O segundo, conhece a equipa, as falhas, carências, e valências... e o coração está no clube.

Claro que a questão financeira poderá ser um problema....

ADEPTO disse...
6:28 da manhã

O Farense já mostrou que tem equipa para discutir a liderança,independentemente das últimas ocorrências,muitas vozes se levantam contra a saída da equipa técnica, mas a realidade é a voz corrente nos últimos jogos,sobretudo caseiros,obrigava a que alguma coisa se fizesse, perante a exigência dos sócios e adeptos na prossecução dos objectivos do inicio da época.Quem decide, decide e corre riscos;quem não quer correr riscos fica em casa debaixo da cama.Perante as dificuldades económicas que todos conhecemos,não podemos correr loucuras,até porque os nossos adversários directos mesmo com orçamentos superiores (sabe Deus como?),não têm estofo para ir à orangina discutir a subida à sagres; veja-se anteriormente o que aconteceu ao juventude,reguengos,louletano,cova piedade,atlético,que nos têm travado impiedosamente as nossas ambições desportivas e nós cá estamos devagarinho a sanear financeiramente o nosso clube, por vezes em calvário, mas os milagres têm de ser feitos em campo com a nossa prata e com esforço e empenho dos jogadores que não se podem deslumbrar com um mérito ou outro aqui e acolá; o ribeira brava com grandes dificuldades económico/financeira vendeu cara a derrota numa atitude desportiva invejável.A nossa equipa tem que manter a postura ganhadora,não facilitar,vestir o fato macaco e suá-lo;esperemos que as aquisições para o ataque não sejam inferiores aos que sairam; jogadores como o Matias vão ter oportunidade de mostrar que tinham lugar onde estavam ou mais alto,ao exemplo do Zambujo.A nossa defesa tem estado bem e o meio campo embora vacilando já mostrou que tambem consegue, mas no ataque o Diop vale pelo esforço e dedicação como um grande profissional, mas tá muitas vezes sozinho e neste sector é que temos de melhorar a eficácia,com boas assistências,entrosamento e bolas paradas.Tambem não nos podemos esquecer que as arbitragens não têm morrido de amores pelo Farense e até parece que ficam satisfeitos com os nossos famigerados empates, portanto os nossos jogadores já têm sentido na pele e não vale a pena refilar muito porque nunca vi um árbitro voltar atrás com a palavra.FARENSE À VITÓRIA...FARENSE SEMPRE...FARENSE À ORANGINA...

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px