segunda-feira, janeiro 17

Entrevista a José Santos


0 comentários

José Santos
Nascido a 29/11/1961
Motorista do S. C. Farense

Zine-Como chegaste ao Farense?

JS-O actual presidente do Farense, sabendo das minhas potencialidades ao longo de um período que passei pelo Instituto D.Francisco Gomes (Casa dos Rapazes) em que também é presidente, convidou-me para participar no projecto em que ele criou e está a apostar, esse projecto consiste em recolocar o Farense no escalão máximo do futebol Nacional.

Zine-Caro Santos, o S.C.Farense sempre teve o privilégio de ter tido excelentes funcionários que tudo deram pelo clube, neste momento tu tens acumulado funções, podes dizer quais?

JS-Gosto muito de desempenhar funções no Farense, pois é o clube da minha terra natal na qual em nasci, fui criado e neste momento vivo. As minhas funções são em primeiro lugar motorista do autocarro e dos restantes transportes e depois coordenador de toda uma logística, incluindo infra-estruturas, empregadas de limpeza, e projectos que o Presidente António Barão me pede para desempenhar.

Zine-Trabalhar no Farense é uma guerra diária de criatividade e de boa vontade, como vês a atitude das entidades de Faro na ajuda do clube?

JS-Tens razão, trabalhar no Farense é muito desgastante mas quem corre por gosto não cansa. A população de Faro está muito desligada em relação ao clube, sabemos que as pessoas gostam do Farense, prova disso foi a subida de divisão em que enchemos o estádio, mas ainda existe um descrédito da população em relação ao Farense. As entidades da cidade de Faro, como por exemplo as empresas, podiam apoiar mais com uma perspectiva de marketing mais avançada para o desporto. Com muita pena minha mas custa-me ver um jogo do Farense com um número de espectadores muito insuficiente

Zine-O que achas que é necessário para que os Farenses voltem a apoiar o Farense?

JS-Os Farenses tem que apoiar a direcção que muito faz para recolocar o nosso clube na primeira divisão, a equipa precisa de ganhar jogos e jogar um bom futebol porque isso motiva as pessoas a interessarem-se pelo clube e assim vão ao estádio apoiar, sabemos que numa segunda divisão, a média de espectadores por jogo não está muito abaixo da média de espectadores num jogo do Farense. Apoiar a formação do clube, incutindo a mística nos nossos jovens jogadores, começando pelas escolinhas e terminando nos juniores.

Zine-Para terminar como vês o futuro breve do Grande S.C.Farense?

JS-Sabendo das dificuldades do clube neste momento, tenho a esperança em que dentro de algum tempo o Farense, esteja a lutar no escalão máximo do futebol português.

Zine-Queres deixar alguma mensagem aos leitores?

JS-Gosto muito da claque South Side, pois vão a todo o lado apoiar incondicionalmente a equipa, nem todas as equipas tem o privilégio de ter uma claque assim, muito obrigado. É com grande orgulho, dedicação, honra e satisfação que conduzo a equipa para todos os pontos de Portugal, pois sinto que transporto um histórico do futebol português, um clube que marcou uma era do futebol nacional, um clube centenário, e principalmente o clube da minha Cidade. Gosto muito de fazer todas as viagens, mas aquela que me marcou mais foi no jogo da subida de divisão, de Quarteira para o estádio, marcou-me porque foi uma subida de divisão, todas as viagens não significariam nada, se não ganhássemos aquele jogo. Por último quero fazer um apelo a todos os sócios e simpatizantes do Farense, não percam a chama e a mística Farense, somos um grande clube, um clube centenário.

Zine bimensal South Side Boys
Dezembro de 2010
Pedro Carrega

Comments

0 comments to "Entrevista a José Santos"

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px