quarta-feira, outubro 6

VENDA DE BILHETES E CONTROLO DE ENTRADAS


26 comentários
A Direcção do Sporting clube Farense apela à compreensão de todos os sócios e adeptos do clube para as novas normas no que diz respeito à venda de bilhetes e ao controlo de entradas, já postas em prática, no jogo de Domingo passado.

Vimos, a exemplo do ano anterior, novamente lembrar, que a organização dos jogos que o Sporting Clube Farense participa na condição de visitado – no Estádio de S. Luís - atinge valores na ordem dos 1.500 euros por jogo, repartidos pela FPF, 860 euros, PSP, 400 euros, Bombeiros, Maqueiros, Porteiros e Bilheteiros, 350 euros.

Tais valores obrigam a que o Clube seja cada vez mais exigente no controlo das entradas, de forma a eliminar de um vez por todas algum facilitismo no que diz respeito a quotas em atraso e ao não pagamento do bilhete de sócio para o jogo.

Por outro lado, a Direcção do Clube decidiu que os sócios do Sporting Clube Farense têm o direito a ter uma entrada própria e exclusiva no nosso estádio, bem como um lugar onde todos, os sócios, juntos, podemos apoiar a nossa equipa.

Por isso mesmo e reconhecendo alguns transtornos que se possa causar a adeptos de Faro que assistem aos jogos do nosso Clube e que não sendo sócios, têm como lugar disponível a bancada nova do S. Luís, não irá mudar essa decisão, mantendo-se assim até ao final do Campeonato.

Aproveitamos para apelar a todos esses adeptos para se fazerem sócios, que é no fundo a melhor forma de ajudar o nosso clube.

Em suma, e para completo esclarecimento:

Porta 1 – Entrada exclusiva para sócios, convidados e/ou patrocinadores do Clube, com acesso à bancada central e lateral norte.

Porta 2 – Entrada para não sócios com acesso à bancada nova

Entradas: Sócios com quotas em dia e pagamento de bilhete de sócio. Os sócios Cartão Prata e Ouro estão isentos do pagamento de bilhete.

O nosso cobrador está à disposição no dia do jogo para a eventual necessidade de actualizar o pagamento de quotas em atraso.

SCF – Gabinete de Imprensa

Comments

26 comments to "VENDA DE BILHETES E CONTROLO DE ENTRADAS"

Jorge Esberard disse...
12:29 da manhã

Entendo e apoio incondicionalmente esta decisão da Direcção.Há medidas que não sendo simpáticas são contudo necessárias e, pelo menos, servirá de alerta aos que sistematicamente não reconhecem a Instituição Farense como entidade idónea,responsável e com um projecto firme.A bem do clube e de todos aqueles que dia-após-dia o fazem crescer, quiçá com que sacrifício,faça-se luz e entendamos que só assim o S.C.F.renascerá das cinzas,qual Fénix.
VIVA O FARENSE!
Jorge Esberard

Nuno disse...
12:07 da tarde

Sendo eu sócio e com quotas em dia,e sendo desde sempre contra as borlas e as portas abertas a todos devo manifestar a minha concordancia com esta medida por parte da direção.
Mas contudo devo também dizer que em minha opinião qualquer sócio que mostre o cartão e que tenha as quotas em dia não deverá ser obrigado a 10 minutos do fim da partida a pagar bilhete ou então será proibida a entrada.Apelo ao presidente que dê ordens aos seguranças nesse sentido.

luis gomes disse...
7:13 da tarde

Como Socio do Clube apoio
esta medida e ate poderiam ser
tomadas outras 2€ nao se pagam em lado nenhum para ver um jogo de futebol ,isso da-se de gorjeta,5€ era razoavel e assim popderiamos ajudar o clube a atingir os seus objectivos , idosos e reformados poderiam ter esse preço dos 2€.

luis gomes disse...
7:22 da tarde

Domingo espero uma vitoria em Evora seria muito importante para ao sucesso do nosso Clube , os nossos rapazes irao consseguir dar-nos essa alegria.
Com este guarda redes e Mamadu,Birlo e Zambujo nos seus melhores dias, dificilmente nos vencerao. FORÇA FARENSE eu irei apoiar.

Nuno disse...
7:28 da manhã

Acredito que o amigo possa pagar em todos os jogos 5 euros...mas lá em casa somos 4 sócios o que faz 20 euros por jogo e actualmende é um pouco puxado...Penso que devemos ficar pelos 2 euros...

rodriguesdidier disse...
8:59 da manhã

Dois euros da-se de gorjeta!!!Isso ajudaria o clube a obter os seus objectivos!!!Claro que dois mil socios,dariam uma grande receita para "tapar" um Buraco de quinze milhoes de euros!!!!grande objectividade e raciocinio!!!A palavra e a expessao sao livres,ainda bem que assim é,permite ao menos falar.Muito honestamente e com lucidez,o farense vai levar muitos anos a voltar aquilo que ja foi e certamente serao muitos que pensam como eu.Actualmente até o Futebol de alto nivel esta a sofrer com a crise.esta vai durar ainda muito tempo,e as familias têem cada vez menos possibilidades de consumir.

rodriguesdidier disse...
12:28 da tarde

Supondo que Faro tem sessenta mil habitantes e que todos participariam com dois euros de "gorjeta"por mês,seriam necessarios sensivelmente dez anos para que a divida do farense se resolvesse;Como temos dois mil socios façam as contas;Claro que este comentario vai ser ou eliminado ou criticado.mas como sempre é a verdade que magoa.

Nuno disse...
12:38 da tarde

pois é srºDidier,mas seja voçê o nosso mecenas,o bom samaritano,mande alguns euros de França pois parece que estes ñ lhe fazem falta!!Olhe o FARENSE agradece e penso que os sócios tmb!!!!

Loja South Side Boys disse...
1:19 da tarde

A divida n é de 15 milhoes (9 milhoes e tal) nem esses dois euros são para pagar essa divida mas para suportar as despesas do jogo

rodriguesdidier disse...
2:26 da tarde

A Soluçao tem que ser corajosa, honesta e passa por que o Farense deposite definitivamente "le Bilan".Que os estatutos actuais desapareçam nos tribunais.E que se depositem novos Estatutos com outro Nome.Que se guarde o Emblema.Todos sabemos que o farense nunca mais se vai sair deste descalabro que as direcçoes Precedentes nos meteram assim como o Doqueiro de Barcelona.Façam com que sejam os Boronhas ,Chabis e outros a responderaem por mà gerência perante os tribunais.Nao peçam aos Farenses a mesma coisa que o vosso Socrates esta a fazer aos Portugueses porque ninguém tem culpa dos erros deles (directamente);porque indirectamente sim vos sois todos culpados por ter votado.no farense é toda a assembleia que é culpada,e cumprindo os socios que apoiaram esses piratas destruidores.As antigas).

Zé Ninguem disse...
5:43 da tarde

sinceramente nao discordo da ideia de os sócios em vez de darem 2 € poderem dar +1 ou 2.. compreendo q sejam socios nao so pelo amor ao clube mas também para o custo ser menor, mas nao é por darem +1,2 € que vão morrer, se beberem menos um café por dia ou menos um maço de tabaco dá-vos perfeitamente para isso :) mas compreendo qualquer dos lados pois sei que a vida nao tá facil pa ninguem. Sr didier as pessoas votam consoante aquilo que lhes parece ser melhor para eles, nem sempre se acerta é verdade mas condenar as pessoas por terem votado naquilo que lhes parecia ser a melhor solução é triste

rodriguesdidier disse...
5:55 da tarde

mas caro amigo "Zé Ninguém,eu nao condeno ninguém;Mas também temos que ser conscientes das responsabilidades.Eu respeito todas as iniciativas,mas como sou honesto comigo mesmo,nao posso acreditar em soluçoes como essa dos dois ou três ou quatro,para salvar o farense.O Farense tem que sair do Buraco em que o meteram e por isso a soluçao quanto a mim passa por uma reconstruçao total.

Zé Ninguem disse...
6:57 da tarde

os 2,3 e 4 como diz nao serve totalmente para tapar o buraco, serve sim para suportar as despesas do jogo que por si só ja são um pouco dispendiosas! o passivo do clube ha muito que se sabe que so será eliminado quando o estádio for vendido

luis gomes disse...
10:59 da tarde

Desculpem mas a minha intençao nao foi ofender ninguem , so quero lembrar que as colectividades tem que viver às custas dos seus associados e nao os associados às custas das mesmas, o espirito associativo é assim que funciona,infelizmente ha alguns sócios que só o são porque tiram alguns benificios finançeiros em se-lo,temos a nossa bancada,temos acesso aos espectaculos desportivos a baixos preços e temos orgulho em ser do FARENSE.O clube esta numa situaçao dificil,precisa como nunca da ajuda de todos aqueles que vivem o clube; um pequeno sacrificio é assim tao dificil?

Valdas disse...
11:26 da tarde

Não se esqueçam que a estes 2€ por jogo se junta uma cota mensal para ser sócio,ou seja,+ 6€ mensais. 6€ + 4€ (2 jogos em casa por mês),no fim do ano já é algum dinheiro,se para alguns é na boa eu falo por mim pois o orçamento é baixo e ainda vou a + de metade dos jogos fora (deslocação e bilhete de 8€) por isso 2€ parece-me um preço aceitável mas se continuam a aumentar o preço dos jogos não sei se a receita irá aumentar pois sinto que muito boa gente deixaria de lá ir. Como diz o ditado:"quem tudo quer tudo perde".


O Orgulho do Algarve Somos Nós...Força Farense

luis gomes disse...
2:12 da manhã

ok Valdas,
por esse raciocinio tens razao,
eu apenas estou senssivel ao esforço da direcçao em construir uma equipa de qualidade como nos temos sem dinheiro e ainda por cima quanto custa 1 jogo de futebol que é uma barbaridade , a policia e a cruz vermelha ainda é aceitavel, agora pra FPF 860€??? por jogo? é um roubo para pagarem salarios e premios chorudos aos chulos da Madail ,seleccionadores e companhia.Foi a penssar nisso.

rodriguesdidier disse...
8:34 da manhã

Compreendi perfeitamente que os dois euros sao para ajudar o Farense a conseguir pagar momentaneamente as despesas dos jogos em casa.Mas isso nao é soluçao;é como estar a pôr um Gesso num membro de alguém que o tenha partido,sem o operar.pela força das coisas este vai estar sempre a coxear;é o que se esta a passar com o Farense.A demonstraçao do Valdas é completamente correcta.Nesse caso até nao sei se nao vale mais a pena aumentar as cotas do Farense e deixar de cobrar o bilhete de socio.(Claro que vai dar no mesmo,mas ao menos da a impressao de nao se pagar esses dois euros).Quanto ao Sr Gomes,ao dizer que a Federaçao leva oitocentos e sessenta euros,também nao se deve esquecer que a Federaçao distribui verbas para os clubes que têem actividades Amadoras,e penso que por intermédio das Câmaras no quadro do desenvolvimento do Desporto.O Problema deve-se talvez a que o farense tem uma massa salarial -(distribuiçao de prémios de jogo,aos Seniores)e esse dinheiro faz defeito para as contas do Farense.O farense nao se pode permitir na hora actual de remunerizar jogadores.

Adepto Farense disse...
9:19 da manhã

O Sr. didier devia preocupar-se tambem com os subsidios que os clubes insulares recebem e que só por si correspondem anualmente a mais que a dívida do Farense; como é que clubes de aldeias pelo país fora têm campos relvados e sintéticos, será que é com o dinheiro dos sócios(10 ou 20?), como é que se deslocam? em que autocarros? não esquecer que até um autocarro não quiseram emprestar ao Farense.As falsas moralidaddes só servem quando as intenções são dúbias.O FARENSE NÃO MORRERÁ, COMO JÁ PROVOU E COM OS APOIOS FINANCEIROS QUE TEM TIDO OUTROS TÊM FECHADO AS PORTAS; PODEMOS ESTAR 100 ANOS NA TERCEIRA , MAS A ALMA NINGUEM VERGARÁ.UM DIA HEI-DE VER OS POLITIQUEIROS A COMPRAR BILHETE E A QUEREREM QUE O FARENSE ACEITE O SUBSIDIOZINHO........VIVA O FARENSE SEMPRE

rodriguesdidier disse...
9:52 da manhã

Tenho como pensamento de nunca olhar para o que os outros recebem ou ganham,mas sim com aquilo que eu recebo,e as vantagens qie tiro.A Vocaçao do farense nao é ficar cem anos na Terceira divisao como diz,e compreendo perfeitamente o que quer dizer;Mas por vezes é necessario pôr-se o Orgulho de lado para se Avançar.Quanto à Historia do Autocarro,foi um dos que me içei contra a decisao da câmara e do Macario.Mas quanto às localidades que têem sintéticos,(ainda bem),é por isso mesmo que o Estado e a federaçao distribuem a todos;alias como foi construido o Sintético da Penha?nao foi com fundos camararios e do Estado?So é pena que neste blog nao venham gente da direcçao actual responder a alguns comentarios,pois tenho a sensaçao que o que se diz por aqui merece explicaçoes.

Adepto Farense disse...
4:21 da tarde

Não se trata de olhar para receber ou ganhar , mas sim de subsidios retirados das contribuições de quem trabalha,pois se para competir em futebol são onze de cada lado, cada clube devia angariar as suas próprias receitas e os seus sócios e valer por si, pois os jogadores custam dinheiro e se não tivessem esses subsidios tambe não pagavam ordenados!...porquê que a região turismo algarve apoia o olhanense e portimonense e nunca apoiou o farense que é o clube melhor classificado do ranking do futebol português a nível do algarve.o emblema do Farense onde vai aumenta as receitas dos clubes visitados; começa a ser altura de respeitar um pouco mais o GRANDE FARENSE, só falam dos erros e das desventuras, mas o GRANDE FARENSE é tranversal à sociedade Farense e Portuguesa;encheu duas vezes o estádio nacional durante 210 minutos de futebol e tem um HINO que até arrepia.BON SOIR MR DIDIER!

Luís S disse...
6:02 da tarde

Apoio incondicionalmente esta medida da direcção, até acho que deveria ter sido tomada há mais tempo. O colocar os adeptos da equipa visitante numa bancada diferente da dos sócios do Farense também acho correcto, não que não defenda o convívio pacífico entre todos, mas muitas vezes os visitantes ficam nos melhores lugares e passam o jogos a mandar bocas sem respeito nem vergonha daquilo que estão a fazer. Além disso, em todos os campos não nos sentamos junto dos da casa, apesar de sermos correctos (raramente vejo um adepto farense a mandar bocas noutro campo), por que é que eles se hão-de sentar junto de nós no nosso estádio?
Por isso, força direcção, assim é que é caminhar da meneira acertada.
Faço só dois reparos: espero que a empresa de segurança não cobre valores muito altos, nesse caso não valia a pena porque se ía pagar mais do que se recebia, mas isso foi tratado com certeza. O outro reparo que faço é: parece que houve alguma falha de comunicação porque o vendedor de bilhetes foi impedido de entar no estádio depois de vender os bilhetes e lá esteve uma série de tempo à porta (se calhar com o dinheiro da venda com ele) até chegar uma ordem para o senhor entrar. É absurdo, então o homem está a trabalhar para o clube (certamente por amor, não acredito que receba alguma coisa, e mesmo que recebesse...) e quando vai entregar o valor da venda não o deixam entrar sem pagar bilhete? Mesmo que os seguranças o conheçam, sem ordens não o querem deixar passar. Mas são pequenas falhas que não custam a corrigir, foi a primeira vez, acho que não se repete.
Força Farense, aos poucos vamos voltando a crescer!

Jorge Esberard disse...
9:02 da tarde

Desde há uns dias que aqui não vinha, e com alguma surpresa vejo uma melhor participação e qualidade na discussão de assuntos de grande importância para o nosso clube.É sempre bom sentir a FAMILIA FARENSE unida e pôr à discussão assuntos relevantes da vida do clube.É através da discussão que nasce a luz.Com discernimento e algum sacrificio sinto que as ideias entre todos os FARENSES poderão ser colocadas e apreciadas,desde que úteis, pelos n/dirigentes e sócios.O problema de tomo é,efectivamente,a premente necessidade de ultrapassar-mos a tal dívida...só que as dificuldades são imensas,e neste momento vive-se de muitas incertezas e,infelizmente,há organismos que estão de costas voltadas para um clube que mereceria mais respeito e consideração,mais que não seja pelo facto de ter 100 anos de existência e muito ter dado por esta cidade e região.Como diz o caro amigo "ADEPTO FARENSE",e diz muito bem,vai sendo tempo de saber qual o critério de atribuição de subsídios da REGIÃO DE TURISMO!Não pondo em causa a comparticipação atribuída ao SCO e Portimonense,estamos no legítimo direito de querer saber o porquê do esquecimento a que fomos votados por aquele organismo ao serviço da n/região.Mas,não vamos ficar por aqui sempre na expectativa de algumas "esmolas"!Não é assim que vamos saír do fôsso em que nos encontramos.Temos que ser pragmáticos e contar connosco tão-somente.E,assim, há que amadurecer as consciências e ser-mos resolutos nas decisões sérias em prol do mesmo objectivo.Fazer dinheiro está na ordem do dia!Para além das actualizações das quotas,que já aqui li e achei interessante,haverá outras formas de capitalizar:ANGARIAÇÃO DE MAIS SÓCIOS-questão elementar-;participação do clube e com a colaboração dos sócios, em sorteios,etc.Outras ideias surgirão e serão sempre benvindas.Sou Farense,logo estou disponivel para as eventualidades que surjam!
VIVA O FARENSE!
Jorge Esberard

Zé Ninguem disse...
9:38 da tarde

Esberard uma forma de angariar alguns fundos seria a comercialização de camisolas ou equipamento completo do farense, creio que muita gente iria comprar a um preço razoavelmente acessivel mas que desse lucro ao farense, nao sei se já existe ou nao, desconheço, mas eu certamente compraria 1! outra coisa é.. o departamento que criou o site ja nao existe? penso que o site ficou por acabar o que é uma pena! outra seria um concerto de alguem que movesse montanhas no estádio, mas creio q isso viesse a estragar ainda mais o relvado do mesmo :\ mas sem duvida que um mikael ou mesmo tony carreira iria trazer um grande numero de pessoas.

João disse...
1:15 da tarde

Até pode ser verdade que não se pagam 2€ para ver jogo em lado algum, mas também não devem haver muitos clubes com cotas de 6€ mensais na situação do Farense. Lembro que 6€ era o preço da cota na 1ª divisão e que quando fomos parar aos distritais tivemos de continuar a pagar o mesmo preço. Será justo? Ganhámos alguma coisa com isso? Eu conheço muitos sócios que o deixaram de ser porque os preços praticados eram exagerados... (e não me venham falar do amor à camisola porque isso não faz esticar o orçamento de quem trabalha...).

Pensem no que o Valdas disse. 6€ + bilhetes de 2 jogos em casa + deslocações. Faz mossa no orçamento... e ainda diz o sr. didier para aumentar o preço das cotas. Em vez de 2000 sócios ficávamos com 500...

Tiago disse...
2:40 da tarde

O preço das cotas podia ser aumentado, eu não iria ficar escandalizado. Vamos lá ver, 6€ no tempo da 1ª divisão não é a mesma coisa de 6€ nos dias de hoje...os tempos mudam, a inflação tambem, e o que são 6€ nos dias de hoje? Para mim é uma esmola.

GiggzZz

Carlos disse...
2:58 da tarde

nos tempos de 1ª divisão esses 6€ valiam muito mais do que os 6€ agora, porque na altura ainda era em escudos e como sabemos todos o euro veio atrofiar isto tudo, os preços das coisas dobraram..

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px