segunda-feira, março 29

Farense/Centenário: 1910-1929 – O nascimento do clube e os primeiros sucessos


0 comentários
O nascimento do Farense está ligado à difusão da prática do futebol e à divulgação das suas regras na capital algarvia. Mas quem introduziu verdadeiramente o futebol na região? O livro «História e Vida do Sporting Clube Farense», da autoria de Luís Vaz da Costa, editado em 1982, aborda duas teorias: ou marinheiros ou estudantes.

Seja como for, operários e empregados de comércio aderiram ao novo passatempo e João Gralho destacou-se entre os demais, promovendo a ideia da criação de um clube de futebol. Ele seria organizador, orientador técnico, treinador, encarregado de encher a bola, capitão e cobrador.

Outros fundadores ficam para história: António Marcos, José Guerrilha, Manuel Sousa, João Rodrigues, Francisco Albino, João Gregório, Manuel Tavares da Cruz, José Nugas, José Encarnação, José Joaquim Aleixo, Joaquim Bento, Francisco Lima, José Domingues, José Maria Vilaça Guedes, os irmãos Florindo, os irmãos Moleiro e António Gago, entre outros.

1 de Abril de 1910 marca, portanto, o nascimento do segundo clube mais velho da região, só ultrapassado pelo Ginásio Clube Olhanense. O nome? Boa parte da população tinha afecto pelo Sporting… O primeiro equipamento? Um «jersey» «alvinegro» e calções pretos...

Nos primeiros tempos, a “sede era móvel”. Tudo começou no Jardim Manuel Bívar, mas a taberna de uma espanhola (que também servia de balneário!...), Largo do Sol Posto (primeira sede a sério), Largo Manuel Belmarço, Igreja de São Pedro, Rua Conselheiro Bívar, Casa Verde, Rua de Santo António, Cinema e Café Aliança também foram palcos da vida do clube. Na Rua Ferreira Pinto, número 6, sede durante anos, fixou-se nos finais de 40/inícios de 50.

Por outro lado, o primeiro campo de futebol em Faro foi o Largo de São Francisco. O Santo Stadium (em homenagem ao homem que mais batalhou pela sua criação, Manuel Santo), hoje denominado São Luís, e o Estádio da Senhora da Saúde, onde hoje é a RDP, foram outros palcos onde o Farense alinhou.

Quanto às primeiras equipas do clube da capital algarvia, existem duas versões e algumas dúvidas, relatadas naquele volume. João Rodrigues (keeper); Guerrilha (back-direito) e Manuel Sousa (back-esquerdo); José Teixeira (half-back-direito), Manuel Tavares da Cruz (half-back-centro) e José Aleixo (half-back-esquerdo); Francisco Lima (ponta-direita); António Marcos (meia-direita), João Gralho (avançado-centro), Bento (meia-esquerda) e José Nugas (ponta-esquerda) é um dos «onzes» citados.

No primeiro Campeonato de Faro, disputado em 1914, o Farense conquistou o primeiro triunfo da sua história. Em 1917, no primeiro Campeonato do Algarve, no qual não há vencedor unânime, segundo o livro de Vaz da Costa: para uns, o SCF, para outros, a Associação Académica do Liceu de Faro.

O Sport Lisboa e Faro (SLF), ligado ao Benfica, era então o grande rival do SCF, mas a competição com o Olhanense aumentava cada vez mais, gerando imensas histórias. Desde logo, a da fuga após um Olhanense 1-6 Farense, com os adeptos da casa a prepararem-se para linchar e espancar os jogadores contrários e estes a meterem a trouxa debaixo do braço, fugindo a sete pés para a estação da CP, situada perto…

Em 1922, o Sporting visita o Algarve: depois de golear o Olhanense (4-0) é derrotado em Faro (3-2). Nesse ano, o Farense filia-se no clube leonino, tornando-se o segundo «filho» do «leão». Dois anos depois, a turma de Olhão vence o Campeonato de Portugal e começa a assumir plano de destaque no duelo a dois: no mesmo ano, vence o seu rival de Faro na final do Campeonato do Algarve, por 1-0, através da marcação de um «penálti» polémico…

Fonte: Por Edgar Pires em http://www.regiao-sul.pt

Comments

0 comments to "Farense/Centenário: 1910-1929 – O nascimento do clube e os primeiros sucessos"

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px