terça-feira, dezembro 29

Farense e Câmara não se entendem acerca dos terrenos


12 comentários
Ontem um comunicado da Câmara Municipal de Faro relativamente à cedência de transportes para os Séniores e Júniores do futebol do clube referia no seu término que as notícias (que não são recentes já que elas já existiam no tempo do anterior presidente da câmara José Apolinário, nunca tendo sido negadas por ele) acerca dos terrenos que o Farense pretendia para finalmente conseguir irradiar o passivo por completo, eram falsas...

Desde a sua eleição que António Barão referiu tais terrenos como uma possível plataforma de salvação do clube, tendo surgido compradores que permitiam feito o negócio ao Farense manter a principal parte do seu património, conseguindo saldar as dívidas para poder "arrepiar" caminho em direcção às divisões superiores do campeonato português. José Apolinário nunca refreou os objectivos do clube em tudo fazendo crer que os mesmos seriam doados ao clube.

A 23 de Julho de 2009 Macário Correia apresentou-se às colectividades desportivas referindo o seguinte ao jornal Algarve Press relativamente ao Sporting Clube Farense:

"A Direcção recém-empossada do clube sabe das nossas ideias para o salvar: entre outras medidas, que oportunamente se divulgarão, há terrenos municipais que podem ser cedidos ao Sporting Clube Farense para proveito deste. Fique, contudo uma certeza: as medidas implementadas, sê-lo-ão no quadro de um projecto estruturado e pensado para salvar uma instituição que merece o apoio de todos. O objectivo é chegar ao dia 1 de Abril de 2010 e festejar o centenário do clube com razões para encarar o futuro com optimismo."

António Barão refere que tais terrenos foram doados ao clube, já a câmara diz que tal é falso e que tudo não passam de boatos.

Será que após tanto tempo, agora que o Farense parecia ter encontrado a solução, de ter apresentado ao Sr. Presidente da CMF o comprador dos terrenos, este dá o dito pelo não dito e pensará que antes de este ser um bom negócio para o Farense é um bom negócio para a câmara?

Queremos acreditar que tudo não passe de um mal entendido exaltado pelas fricções referentes aos transportes, que haja respeito pela instituição centenária e pelos eleitores que nele depositaram esperanças não só para ressuscitar a cidade, como também o clube, sabendo de antemão que ambas estão intimamente ligadas.

Comments

12 comments to "Farense e Câmara não se entendem acerca dos terrenos"

baleu disse...
12:42 da tarde

Se coisa não existe em Faro é "faro" para a coisa!

Promessas! Promessas! Promessas!

Polis, Variantes, Museus, Espaços verdes, estádios vendidos ou recuperados...

Que futuro da "cidade adiada"?

Se as próprias raízes estão doentes, tampouco os frutos serão bons!

Faro e o Farense, não precisam de preocupar-se com a "concorrência". (e a "concorrência" não necessita de preocupar-se connosco!)

Focando o tema, é inadmissível a forma leviana como se trata estes assuntos (terrenos, transportes etc...) e como-se se permite veicular tanta desorganizção e desorientação!

Anónimo disse...
12:59 da tarde

Sr. Engenheiro,

Então o sr. vem para a capital do Algarve e em 2 meses quer mudar tudo e todos? Não sabia para o que vinha?

Vejamos aumenta o preço da tarifa da água em 4.39%, valor acima da inflação, tem de pedir reforços policiais para que os bombeiros não lhe caiam em cima, e preocupou-se foi com a estética dos ar condicionados.

Agora vem para cima do Farense, é homem, por este andar não chega ao verão, tenha lá calma que as coisas não se fazem a mal, é a bem que se fazem. Há ordenados chorudos por onde começar a cortar, comece já e verá a dívida de 40 milhoes a vir por aí abaixo.

arsenio disse...
1:54 da tarde

O actual Presidente do Farense,Antonio Barao,afirma que segundo o artigo os terrenos foram doados ao Farense.A Câmara Municipal diz que é falso e sempre por intermédio deste artigo.Ora vejamos:Legalmente uma doaçao para ser valida tem que ser efectuada num acto notarial,assinada pelos doadores e recebedores;seguidamente deve ser registada em Tribunal.Se o Barao tem a certeza do que diz e que é real,entao pode fazer prevalecer o direito.

Anónimo disse...
2:20 da tarde

Bem temos lido de tudo aqui nestes últimos dias.

Sinceramente o que eu julgo é que a situação não será assim tão má como a pintam, possivelmente (e quero acreditar nisso) é que alguns mal entendidos surgiram, agora o facto de automaticamente começarmos logo a injuriar e ameaçar o Edil Camarário não vai ajudar em nada as negociações entre o clube e a Autarquia, portanto gostaria de apelar à calma e que se deixa-se as coisas serem resolvidas entre estas duas partes.

Não podemos ser mais prejudicados do que já fomos até aqui.

ALG

Anónimo disse...
2:52 da tarde

ola boa tarde...

sinceramente acho lamentavel o que se esta a passar por parte da camara ora vejamos:

em primeiro lugar e publicamente anunciado a dois anos atras se nao me engano que a camara doou terrenos ao farense...

em segundo lugar, para fazer face a divida do farense, estes criam uma comissao para vender o estadio ou esses mesmos terrenos... salientar que nessa comissao esta uma das pessoas mais respeitadas do pais sr. anibal guerreiro (grande apoiante do barao)

passado um tempo essa comissao abandona dizendo que nao tem compradores... durante todo esse tempo a camara nao quis nem falou em terrenos...

novo presidente, este em pouco tempo arranja um comprador e uma soluçao viavel para acabar com a crise... aparece a camara a dizer que os terrenos sao deles...

agora pergunto eu:

porque e que o farense esta em tribunal por causa dos terrenos?

porque e que o farense esta em tribunal por causa da galp?

porque é que o farense recebeu e deve dinheiro a galp?

nao seria mais logico ser a camara a arcar com todos esses processos? uma vez que eles e que sao os donos do terreno como diz o macario!?

resumindo, os terrenos foram doados, ninguem os queria pk nao tinham compradores e so existiam chatices, o farense resolve o problema e querem ficar com o que e do farense""""

sr. macario tenha calma e vergonha na cara, voçe nao chega aqui e manda tudo a abaixo e nao da o dito por nao dito sem pelo menos ouvir das boas...

tenha vergonha

Anónimo disse...
4:13 da tarde

caro anónimo da 2:52 PM
tenha calma e aguarde instruções.
sabe de que terrenos se está a falar?
sabe o que pretende o investidor / comprador? sabe qual é o negócio?
e em que condições?
Eu como sócio não sei. A direcção do farense e a CMF vão falar e encontrar as melhores soluções.

municipal sempre disse...
11:05 da tarde

senhor macario axo que deve ter algo contra as instituições que são e sempre serão referencia de faro, mal entrou começou pelo bombeiros municipais de faro, agora pelo Farense o que mais virá a seguir será que o senhor macario quer fazer uma tavira verde me faro tambem hummmmmm.... farenses lutem por o que nos identifica como farenses

Petição disse...
12:12 da tarde

POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL:
http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

arsenio disse...
12:55 da tarde

Ja agora faça-se uma petiçao para que os menos inteligentes e pobres de espirito nao façam comentarios pouco inteligentes.Com coisas sérias nao se deve brincar.Joao tem todo o meu apoio e reconhecimento do trabalho que efectua e seja sempre imprcial e publique todos os comentarios.Feliz Ano Novo.

Anónimo disse...
4:35 da tarde

façam lembrar ao sr.macario que nos ultimos 30 anos nao houve um presidente de camara que tenha sido eleito para um segundo mandato....

F. Neves disse...
5:18 da tarde

Sr. Eng. Macário Correia, quando nasceu, curiosamente a 1 de Abril, também aniversário do meu clube, já eu era sócio do Farense e ia a todos ou quase todos os jogos no S. Luís, acompanhando o meu pai, que chegou a ser o associado nº 4 ou 7.

Toda a minha vida tem sido pautada por um grande apoio a esta grande instituição, não só nos momentos de glória, mas também nos piores.

Contrariamente a alguns associados e adeptos, alguns até exercendo cargos de relevo, nunca me ausentei dos meus deveres para com o Sporting Clube Farense.

Por isto mesmo lhe peço que não dê o dito por não dito, como parece ter sido, e ponha fim a toda esta polémica que não interessa a ninguém, procurando entender-se com a actual direcção do Farense, que me merece toda a consideração e respeito.

Sou farense de gema, não vivo em Faro há umas boas décadas, nem aí exerço o meu direito de voto, mas é a minha cidade, acima de qualquer outra.

Sr. presidente da Câmara, tem agora a oportunidade de ficar em paz com os farenses, que querem o melhor para o seu clube, digno representante da capital algarvia.

Muito em breve se celebrará o centenário e gostaria que toda esta polémica estivesse sanada.
Quero contar consigo para isso.

Sócio nº 75

Jorge Esberard disse...
12:06 da tarde

A FARSA DOS TERRENOS DO FARENSE “VERSUS” CMF

Isto está "quente" e promete! Há já algum tempo que não vinha a este espaço e eis que vejo tamanha bagunça e, infelizmente, digo eu, é mau para as partes intervenientes! A priori, e mais uma vez, é a INSTITUIÇÃO FARENSE que aparece em grande destaque e em nítido prejuízo de todo este imbróglio algo surreal. Por outro lado, distingo em algumas intervenções um excessivo aproveitamento político da tal espécie asinina que insiste em”malhar” sistematicamente no Presidente da CMF! Volta e meia lá vêm os opositores e detractores do engenheiro que o contestam por tudo e por nada e sempre com a mesma “assinatura” –cobarde- anónima…Quem não deve não teme,lá diz o povo com a sua grande sabedoria, e partindo do pressuposto que todos os problemas que até agora têm vindo à tona, serão do conhecimento de todos os políticos que já governaram a Câmara da nossa cidade,desde o 25 DE ABRIL ( òbviamente onde se inclui o último , Dr.Apolinário ,insigne olhanense-socialista), teriam a obrigação de esclarecer a população de Faro sobre as reais e legítimas preocupações da INSTITUIÇÃO FARENSE no que concerne à questão dos terrenos.É absurdo, pouco inteligente e conveniente que se atribua ao actual presidente da CMF todas as culpas deste complexo processo. Desde há muito que nos habituámos a ver os estapafúrdios esquizofrénicos politiqueiros, e não só, virem até este, e outros espaços, tratárem os FARENSES como se fossem estúpidos! E todos sabemos de onde parte e o que os move! No meu ponto de vista, aliás como sensatamente já foi opinado por alguns sócios, verdadeiros e insuspeitos FARENSES e quiçá, porque não têm cor politica como eu, a nossa Direcção saberá em sede própria ultrapassar esta situação que alguns suspeitos do costume teimam que seja uma novela e que sirva os seus desígnios… Não é a altura certa, nem há razões para tal, pôr em causa a honestidade e integridade do legítimo representante da CMF ! O cidadão comum, e sócios do Farense, sentem que estão a ser joguetes de interesses mesquinhos, num qualquer tabuleiro, pelos SEMPRE OPORTUNISTAS e LEVIANOS políticos, e outros que tais, quais palhaços – e que me perdoem estes porque são mais dignos que a classe politica e têm o meu enorme respeito -. O Engº. Macário Correia, que teve o meu voto e o de MUITOS FARENSES, deverá levar em conta as legítimas reivindicações, quer da parte da nossa Direcção bem como de todos os sócios, mas fá-lo-á sem temores, como é seu timbre, e de forma que não comprometa o SCF hoje, amanhã e sempre! Até prova em contrário continuarei a confiar nas suas decisões!
POR FARO, PELO FARENSE, SEMPRE!
Jorge Esberard

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px