quarta-feira, março 25

Farense avança com mega-projecto


0 comentários

Área comercial no São Luís quadriplica para 20 mil metros quadrados e a proposta parece agora irresistível: quem tiver 15 milhões, leva o Estádio.

Uma área comercial equivalente a dois campos de futebol. É esta a proposta do Sporting Clube Farense para os potenciais compradores, que da última vez acabaram por deixar deserto o concurso para a compra do Estádio, ainda que por razões diferentes.

Desta vez, no entanto, o clube está apostado em ‘contornar’ o obstáculo da crise financeira apontando a mira a eventuais grupos económicos promotores de grandes superfícies comerciais.
O clube 'oferece' agora nada menos do que 20 mil metros quadrados de área comercial, o equivalente a dois campos de futebol, dispersos por rés-do-chão e cave, contra os 5 mil m2 possíveis no projecto anterior.

Tudo, praticamente pelo mesmo preço: 15 milhões de euros, soube o Observatório do Algarve junto de fonte ligada ao processo.

A mesma fonte estima que, para construir o complexo comercial e habitacional será necessário um investimento de 70 milhões de Euros, mas essas contas "só surgem numa segunda fase, depois de se adquirir o terreno".

Autarquia facilita aumento de área comercial

A alteração só foi possível a 26 de Fevereiro deste ano, após aprovação em reunião ordinária da Câmara Municipal de Faro às alterações ao pedido de informação prévia (PIP), interposto pelo clube farense.

Ao aumentar a área comercial, a autarquia acaba por facilitar a possibilidade de instalação de uma ou mais grandes superfícies, disponibilizando agora, a juntar aos 15 mil metros ‘encontrados’ dentro dos terrenos do clube, outros 5 mil na ala sul do Estádio, junto à Igreja de São Luís.
Com a aprovação das mudanças no PIP, a Câmara - que tinha aprovado o projecto inicial a 13 de Setembro de 2007 - cede actualmente outros 3 mil metros para habitação, que poderão ser distribuídos em construção em altura (estão previstos 5 pisos) ou na mesma área, ou na ala norte, onde se encontra o consultório desactivado do médico Veloso Gomes.

De resto, o projecto aproveitou também os anteriores avales da FAGAR e do Instituto Português do Património Arquitectónico, ambos de 2006.

O parecer do IPPAR foi favorável - parte do projecto encontra-se em área de protecção do Cemitério Judeu de Faro - mas condicionado no que toca à altura e volumetria e impondo métrica, materiais e cores tradicionais, ainda que “aceitando a sua reinterpretação numa proposta de carácter mais moderno”.

O novo projecto permitido ao clube prevê agora a construção de 208 fogos – antes eram 264 - numa área residencial total de 20 809 m2 e integra 700 lugares de estacionamento, repartidos por dois pisos subterrâneos (subcaves 1 e 2).

Estão ainda previstos perto de 5 mil metros quadrados de zona classificada como "de lazer, comércio e serviços" e 1300 m2 de praça pedonal .

Nova praça em Abril

O novo concurso, com base de licitação de 15 milhões de euros, deverá ser lançado no início de Abril.

O Farense espera desta vez conseguir concretizar o negócio que lhe permita pagar as dívidas ao Fisco e Segurança Social, bem como alguma massa salarial em atraso aos funcionários do clube.

Fonte: Observatório do Algarve

Comments

0 comments to "Farense avança com mega-projecto"

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px