domingo, novembro 23

Alma algarvia traz um ponto da casa do líder


12 comentários

O Farense depois de mais uma chicotada psicológica deslocou-se ao terreno do líder, o Cova da Piedade, já sobre os comando técnico de António Barão, auxiliado por Edinho, nomeado treinador-adjunto após ter dado por terminada a sua longa carreira futebolística. Aguardava-se com alguma expectativa a forma como os leões de faro iriam reagir a nova mudança técnica.
Foto de arquivo
A equipa da casa entrou dominadora no encontro, com uma frente de ataque composta por 3 homens, 2 muito rápidos bem abertos nas alas, iam criando muitas dificuldades à defensiva farense. Exemplo disso foi logo aos 8 minutos, Jorge já sem Costa na baliza a desperdiçar o ensejo. Com o passar dos minutos o Farense conseguiu acertar marcações na sua defesa, o mesmo se passando no centro do terreno, transformando o encontro muito jogado a meio campo com raros lances de perigo junto das balizas, o que fez com que a equipa da Cova da Piedade fosse perdendo a supremacia que havia tido nos minutos iniciais da partida. No entanto as melhores situações de golo continuaram a pertencer à equipa da casa e já sobre o intervalo Duarte num corte deficiente quase marcava na própria baliza com a bola a ir ao poste da baliza de Costa.

A segunda metade do encontro iniciou-se na mesma toada com muita disputa de bola na zona central, mas com a equipa da casa a ter a iniciativa de jogo. Só aos 55 minutos de jogo o Farense conseguiu ter um remate digno desse nome, quando Della Pasqua muito só lá na frente, rematou forte para Osvaldo segurar. António Barão refrescava o seu meio campo nesta altura, fazendo entrar para o lugar de Zé Nascimento, Luís Afonso. Logo quase de seguida, Everson que já havia sido amarelado na primeira parte comete uma falta e protesta veemente com o árbitro, acabando por ver o segundo amarelo que lhe valeu a respectiva expulsão. Uma situação que não se percebe num jogador com a experiência do brasileiro que acabou por prejudicar a equipa. António Barão mexeu logo de seguida na equipa retirando um médio defensivo, Arlindo, para colocar em jogo Brasa, o médio atacante que regressou depois de longa paragem. Já Lívio Semedo, fez duas alterações de uma assentada, refrescando a frente de ataque. O Farense encolheu-se como seria de esperar cabendo ao Cova da Piedade as despesas do jogo. Numa das investidas o Cova da Piedade voltou a ter uma bola na barra num remate de fora da área a cerca de 10 minutos do final do encontro. Nos minutos finais o Cova da Piedade instalou-se no meio campo farense, aos jogadores algarvios pouco restou senão defenderem um ponto no terreno do líder com 10 e mais tarde 9 jogadores, isto porque Duarte já em tempo de compensação veria o cartão vermelho deixando a sua equipa ainda em mais dificuldades. De resto António Garcia, o árbitro do encontro, elaborou um péssimo trabalho a nível disciplinar, já a nível técnico não esteve tão mal. Facto curioso foi ser o Farense a desperdiçar a última situação de golo, na marcação de um livre a bola bate na barreira, tendo-se pedindo-se grande penalidade entre os algarvios, que o árbitro não atendeu.

O Farense traz um ponto para o Algarve e apresentou uma coesão de grupo que ainda não tinha sido vista esta época para os lados de Faro. Já António Barão quando questionado se ainda acreditava na promoção refere que nunca deixou de acreditar, e que os sócios também não devem deixar de acreditar e apoiar a equipa .

Comments

12 comments to "Alma algarvia traz um ponto da casa do líder"

Anónimo disse...
10:14 da tarde

Também achei o Farense com uma coesão que merece ser registada. A jogar em casa do 1º classificado e em boa parte da segunda-parte só com 10 jogadores e, já a acabar com 9, segurou um resultado que mais que a aritmética será importante para motivar os jogadores. Se esta coesão e espírito de sacrifício é já obra do novo treinador, então estamos perante uma boa notícia. Oxalá que assim se mantenha.

Anónimo disse...
1:56 da manhã

Qual obra do novo treinador!
Isto é normal acontecer. Os jogadores perceberam que tem de se unir, aliás aconteceu o mesmo aquando da entrada do Ivo, portanto nada de exageros. Acho estranho é que não havia dinheiro para estágios e para treinadores e agora até vai dar pra meia dúzia de jogadores. Leva-me a perguntar que o problema maior não seria dos treinadores mas de todo um ambiente e condições criadas á sua volta...

Anónimo disse...
4:51 da tarde

Pois, não sei se é obra do treinador ou não, mas também concordo que a actuação do Farense foi mais coesa e madura. Também é verdade que o adversário obrigava a outras cautelas e por isso, o jogo foi pouco espectacular com poucas oportunidades de golo.
Certamente que o Cova da Piedade não está em primeiro a jogar assim...
Espero que o Farense se recomponha a tempo de beneficiar do sistema de pontuação da III divisão.

Luís

Anónimo disse...
11:07 da manhã

"...O Farense (seniores) viaja sábado para a Cova da Piedade, no intuito de proporcionar melhores condições ao conjunto, pois os jogadores nas deslocações à zona do Barreiro e de Almada tinham de se levantar às 5 horas da madrugada, o que tornava tudo mais complicado..."

Deixem-me rir…

Então e os juniores, a que horas se levantaram (como já o fizeram) nas deslocações ao Pombal, U. Leiria, Torreense, Oeiras e Estoril?

Estando ainda por efectuar as deslocações ao Belenenses, Atlético, Real, Estrela da Amadora, isto a norte do Tejo e a sul, ainda têm Setúbal, Seixal (Benfica) e Alcochete (Sporting)… restando só no Algarve o Louletano!

Perante este calendário a Direcção do Farense (?) não deveria olhar para estes jovens e também atribuírem este conforto em viajarem no dia anterior, “…no intuito de proporcionar melhores condições ao conjunto…”?

Talvez teriam almejado melhores resultados do que aqueles que já conseguiram fora de casa!

Mas não, o que interessa, são os seniores e tudo o que os envolve, esquecendo que alguns destes juniores vão ser o futuro do Farense…

Louva-se o esforço destes jovens!

Anónimo disse...
7:11 da tarde

Vamos lá ver se acabam as confusões uma vez por todas...e estamos a ler num forum de farenses que se deseja,no mínimo,bem informados.Quem paga a despesa dos séniores não é a direcção do SCF,a qual nem a receita dos jogos ou as quotas,dá para essa equipe,mas sim uns mecenas que a isso se auto-obrigaram.Estamos esclarecidos?

Anónimo disse...
11:49 da tarde

Se há coisa que gostava de saber e que no meio desta crise e falta de € como é que pagam os salários dos jogadores do plantel actual? :|

Anónimo disse...
12:08 da manhã

Será que é mesmo necessário fazer um desenho a cores para que estes anonimos entendam que em equipas amadoras não existe lugar para pagamento de salários.

Rui Roque

Anónimo disse...
10:09 da manhã

Sr. Rui Roque

Não será necessário fazer desenho algum!

Joguei futebol amador durante 15 anos, não tinhamos "salário"... mas recebiamos "salário" através de prémio de assiduidade nos treinos, prémios de jogo e ainda uma pequena mensalidade.

Portanto, com ou sem pagamento de salários, os jogadores do Farense não estão a jogar futebol só por amor à camisola.

Também sei que não é a Instituição Farense que está a alancar com estas despesas ditas não "salários", mas sim, como sempre tem feito, o GRANDE FARENSE ANIBAL GUERREIRO!!!

E ponto final!

Anónimo disse...
12:23 da tarde

tao se sabias como é q eram pagos os ordenados dos jogadores pq é q perguntaste !! otário , nao precisamos de icendiários mas sim de kem apague os fogos.

Anónimo disse...
2:46 da tarde

Não,... eu não sou aquele das 11:49!

Simplesmente ao ler o teu comentário (informação errada), entendi que deveria repor a verdade e não tapar o sol com a peneira!

Otário e incendiário, estás tu a sê-lo, pela forma verbal como argumentas os teus comentários, nomeadamente dirigido à minha pessoa (anónimo) mas que é um sócio e antigo atleta desse clube nas camadas jovens (de iniciado a júnior)e ainda 2 anos como sénior, contribuindo assim com parte do meu esforço em prol do NOSSO CLUBE!

E para finalizar, a minha vida pessoal, profissional e desportiva, foi e será sempre pautada pela sinceridade e a nível clubista sempre defenderei o meu clube de coração o FARENSE!!!!!

Anónimo disse...
5:07 da tarde

Já vi que é ou foi grande Farense, parabens. E por curiosidade, já assinou a peditão a requerer uma Assembleia-Geral?

Se não assinou pode assinar, não custa nada.

Anónimo disse...
5:27 da tarde

Ao Anónimo 5:07

Já assinei e espero que se consiga atingir os objectivos desejados...

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px