sábado, abril 12

Sofrer sem necessidade...


6 comentários
0-1 aos 11 minutos por Bruno, cruzamento de Edinho e Bruno a dominar no peito e a rematar para o 1º golo.
0-2 por Edinho aos 49 minutos, Edinho cabeceia em resposta a cruzamento do lado esquerdo.

0-3 por Brasa, este aparece dentro da área e remata enrolado para o lado esquerdo do guarda redes

1-3 aos 89 minutos cabeceamento do atacante do Culatrense e Costa a socar para dentro da própria baliza.

2-3 aos 92 minutos, remate de fora da área a apanhar Costa ligeiramente adiantado.2º golo do scf por Edinho - foto de José Luís Silva

O Farense aumentou para 7 pontos a vantagem pontual para o 2º classificado, o Lusitano de Vila Real, beneficiando da derrota deste frente ao Aljezurense.

Com o Culatrense a jogar como anfitrião no estádio de São Luís foi possível verificar uma boa afluência de público cerca de 1200 pessoas, num jogo algo morno e que só aqueceu nos instantes finais, altura em que beneficiando de alguma apatia farense os ilhéus aproveitaram para colocar o resultado numa derrota pela margem mínima.

Um dos momentos mais animados da tardeO Farense entrou quase a vencer, fruto do golo de Bruno à passagem do décimo minuto de jogo. Poucas ocasiões existiram na 1ª metade do encontro, realce para cabeceamento de Edinho a desviar um cruzamento para a área e em que o guardião da Culatra se opôs bem, e para um remate de Brasa a rasar o poste da baliza.

Na segunda parte o Farense entrou forte o suficiente para dilatar o marcador chegando ao 3 a zero em poucos minutos. O Culatrense mostrava-se algo apático especialmente após a expulsão de um jogador seu na fase final do primeiro tempo por acumulação de amarelos. O Farense não fez um bom jogo e após o 3º golo como que "descansou" à sombra do resultado. O Culatrense sem nada a perder veio2º golo do scf por Edinho - foto de José Luís Silva para a frente e já na fase final do encontro faria 2 golos em 2 minutos perante a estupefação do público. A equipa ficou claramente nervosa e desnorteada e ansiava o final do jogo.

Ao terminar o encontro puderam-se ouvir algumas assobiadelas por parte do público, castigando a displicência de alguns jogadores e a apatia de Portela que nem uma palavra dirigiu à equipa naqueles momentos mais difíceis. Portela voltou a usar o mesmo sistema táctico praticamente sem meio campo, e não pôde evitar algumas reclamações por parte de alguns associados que perante a fraca exibição da equipa demonstraram a sua revolta. Tirando isto o Farense caminha agora sim a passos largos para a promoção à 3ª divisão, deixando os seus adversários directos com uma desvantagem pontual digna de registo. A equipa de arbitragem esteve bem.

Comments

6 comments to "Sofrer sem necessidade..."

Anónimo disse...
10:15 da tarde

tamos a 8 pontos de subir aos nacionais, correcto?

Zé de Fare disse...
10:24 da tarde

Não, faltom 5 pontes! 3 contró esprancinha e mai 1 vitoria dum jogue qualquer até ó fim du campinate...

Achas co zulitane ganha em casa ó castemarim da próxima jernada? Tem juize, na bebes daqui mai nada!

sergio_alj disse...
10:43 da tarde

Bem podem agradecer ao Aljezurense!!!

Zé de Fare disse...
10:59 da tarde

E a gente agradece... E agradecia melhor havende um copinhe lá daquele madronhe que voceias fazem lá meie escondide da serra...

sergio_alj disse...
9:37 da tarde

Em Outubro, na festa da Batata-Doce!!
Apareçam e aproveitem o Aguardente com Mel (FERROADA)

Anónimo disse...
11:32 da tarde

O gajo das cuecas brancas borrou-se ou quê ?
Devia ser filho da Culatra, quando começaram a dar barraca...
Agora a sério: foto espectacular pelo momento hilariante.
Parabéns ao seu autor.

F. Neves

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px