quarta-feira, fevereiro 20

Entrevista com Santamaria...


1 comentários
Panayotis Todorya (Santamaria)Tive a oportunidade durante a minha vida, de viajar para vários países em todo mundo, e em resultado disso consegui fazer grandes amizades. Posso dizer-lhe que as pessoas em Faro são certamente das mais hospitaleiras e amigáveis de todo mundo e a minha passagem por Faro só me deixou boas memórias juntamente com muitos amigos que tive nessa altura. Tal como os adeptos...eles eram excepcionais, eles eram sempre amigaveis, apoiavam-me fazendo sentir sempre bem-vindo e por isso eu agradeço-lhes.

Durante o meu tempo no Farense, passaram 2 treinadores : Mister Cláudio Garcia e Mister José Augusto. Duas individualidades completamente opostas, com técnicas de trabalho muito distintas e muita experiência.

Um era calmo, composto, metódico e culto, enquanto outro não tinha qualquer interesse pelo clube mas somente pelo seu próprio ego, a juntar a essa limitação pessoal ele não fazia ideia do que era treinar, fosse como fosse. Os bons farenses podem contruir a sua própria ideia sobre em qual dos dois esta descrição encaixa, eu só exprimi a minha opinião pessoal.

A equipa...vou começar por dizer que todo e qualquer um dos meus colegas de equipa era um autêntico senhor... verdadeiros homens do desporto em todos os sentidos da palavra. Em termos de talente e habilidade, posso dizer que todos eram particularmente dotados e conheciam a intimidade e os profundos segredos de uma bola de futebol.

A este nível do futebol profissional, primeiro há que compreender que cada futebolista é um dotado, se alguêm levasse o Fernando Cruz ou o Ribeiro, tal como qualquer outro jogador do Farense para o Real Madrid, garanto-lhe que eles "cresceriam" e actuariam de acordo com o tamanho do clube. Chegar a este nível requer sacrifíciom disciplina, profissionalismo, trabalho duro e talento, se alguêm acaba a jogar pelo Benfica, bem, isso só faz parte do destino.

O Farense nesta altura, não era somente um clube de futebol, era uma família, eu lembro-me do Sr. Fernando Barata e o resto da direcção, deslocarem-se para me desejarem as boas-vindas ao clube. Eu lembro-me de todos os outros treinadores em que se refletia o compromisso e a arte de tranmitir conhecimento.

Entristece-me ouvir que o Farense entrou neste declínio, mas os meus pensamentos são optimistas, tal como quando me lembro dos adeptos. Com a paixão pelo jogo e o amor pelo vosso clube, não tenho qualquer dúvida que vocês terão o poder de fazer o Leão rugir de novo.

Depois do farense, joguei na Grécia durante 4 anos. Actualmente tenho uma fábrica na China que manufactura artigos desportivos e brinquedos. Vou terminar por dizer que agradeço a todos as belas memórias com que fiquei e desejo-vos o melhor para o futuro.

"Santamaria"

Fonte: Algarve Desunited

Tradução do Inglês por JoaoC

Comments

1 comments to "Entrevista com Santamaria..."

Ferreira disse...
12:32 da tarde

Obrigado ao Santamaria, pela sua descrição e memória do clube.

Lembro-me bem dele, e embora não tivesse tido muitas oportunidades de demonstrar o seu valor, ficou com boas recordações do clube e da cidade.

Todos fossem assim!

Votos de felicidades e sucesso pessoal.

Ferreira

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px