domingo, outubro 26

Farense com pouca sorte apesar da fraca exibição


1 comentários
Farense 0-1 Chaves

O Chaves venceu este domingo fora o Farense (1-0), em encontro da 12.ª jornada da 2.ª Liga, subindo provisoriamente ao 3.º lugar da prova, em igualdade pontual com o Benfica B.

A equipa flaviense marcou cedo, aos 8 minutos, por Raphael Guzzo, enquanto os algarvios só dominaram depois de o jogo ter sido interrompido, devido a avaria no sistema de iluminação do estádio, mas foram ineficazes, antes de Wei Huang ser expulso e "condicionar" a busca pelo empate nos últimos minutos.

O golo solitário chegou cedo, graças ao médio Raphael Guzzo, que aproveitou um corte de Kiki Ballack para a entrada da área para atirar de primeira, rasteiro e colocado. O jogo prosseguiu numa toada de equilíbrio, mas sem grande interesse, fruto da lentidão e pouca dinâmica das duas equipas na construção ofensiva, apesar de o Chaves parecer mais tranquilo, face à vantagem no marcador.

No arranque da segunda parte, uma avaria afetou o sistema de iluminação do estádio, obrigando a uma interrupção de 33 minutos.

Com o jogo retomado, os dois conjuntos surgiram mais ativos, com Arnold (59 minutos) e Harramiz (63) a protagonizarem dois bons lances, atirando para fora. A equipa algarvia ganhou mais ânimo e viu Neca desperdiçar uma grande ocasião, atirando ao poste direito (70 minutos), antes de Ícaro evitar, em cima da linha de baliza, um remate de Carlos com "selo" de golo.

O ascendente do Farense terminou com a expulsão de Wei Huang, por acumulação de amarelos (78 minutos), que permitiu ao Chaves gerir o resultado. Só não aumentou a vantagem porque Ricardo defendeu duas tentativas de Arnold (82 e 87).

Jogo no Estádio de São Luís.

Ao intervalo: 0-1.

Marcador: 0-1, Raphael Guzzo, 08 minutos.

Farense: Ricardo, Hugo Ventosa, Kiki Ballack, Wei Huang, Hernâni (Márcio Madeira, 77), Carlos, Neca, Harramiz, Bruno Gonzalez (Fábio Gomes, 50), Bruno Carvalho (Matthew, 39) e Adelaja. 
Suplentes: Bento, Diogo Silva, Fábio Gomes, Matthew, Márcio Madeira, Bilro e Fábio Lopes.
Treinador: Pedro Correia.


Chaves: Paulo Ribeiro, João Góis, Ícaro, Paulo Monteiro, João Vicente, Patrão, Raphael Guzzo (Hugo Santos, 83), Tarcísio, Arnold, João Reis (João Mário, 68) e João Vieira (Barry, 83).
Suplentes: Stefanovic, Hugo Santos, Bruno Magalhães, Barry, João Mário, Miguel Ângelo e Sagna.
Treinador: Luís Norton de Matos.


Árbitro: Vasco Santos (Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Bruno Gonzalez (11), Bruno Carvalho (35), Wei Huang (37 e 78), Matthew (45+4), Ícaro (56), João Reis (57), Carlos (75) e Paulo Monteiro (80).
Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Wei Huang (78).


Assistência: Cerca de 800 espetadores.

Fonte: http://www.record.xl.pt/

Comments

1 comments to "Farense com pouca sorte apesar da fraca exibição"

ADEPTO disse...
5:26 da manhã

De mal a pior,e como não bastasse jogarmos mal com um meio campo que joga mole,bonitinho mas ineficaz sem força de embate,pois alguns têm de fazer musculação,só sobra Neca com alguma clarividência,damos ao luxo de pôr no banco o par do Wei,pois o Kiki ainda tem margem de progressão mas comete erros fatais, o Hernani não resiste e para com falta de técnica temos o Bilro que é abnegado ,esforçado e "dá o litro".Repetir equipa do Oriental, Seixal,Guimarães,tá à vista que tira coesão defensiva,resistência a meio campo e falta de acutilância na frente (onde nunca houve muita)...andávamos a jogar benzinho,mas estamos a estragar...será por força de alguns empresários,entendidos em matéria financeira que quando estivermos no buraco,vão fingir que não nos vêem e assobiar para o lado e depois aí vêem os pseudo moralistas inimigos do Farense dizer que o futebol isto e aquilo,mas na volta vão comprar camarotes nos clubes riquinhos da 2 circular.E como se isto não bastasse.....toma lá mais um sr árbitro que parece usar regras que os colegas que vimos apitar jogos internacionais,não usam e que não é mais do que o reflexo do país que vivemos, onde prima bes,bpn,ferro velho,fruta,escutas telefónicas,arranjinhos e histórias mal contadas....como as polémicas regionais que envolveram a subida do chaves...e parecendo que não dá jeito ter coach com notoriedade,que os árbitros olham doutro modo,porque no fim circulam pelos mesmos corredores do poder, pois que sabemos não valer a pena chorar o leite derramado,mas qual é o critério de dar um amarelo a um jogador que leva uma pazada que se ouviu no campo,,,só para reduzir o jogador.Temos dito mais que uma vez...O Farense se quiser fazer mais alguma coisa,tem de trabalhar muito,muito,saber planear,não esbanjar dinheiro que não há, passar ao lado da arbitragem (não contestar em campo para não dar margem a esses gajos ),porque a tácita deles é amarelar e depois o 2 amarelo já pode ser mais "justinho",fingir que não vêem porque dizem que errar é humano,só que no computo geral andam a errar demais para o outro lado.Temos tudo para ter uma grande equipa de futebol:uma cidade maravilhosa,uma região ímpar,boas instalações,uma claque invejável e uma massa associativa que vai voltar a aderir se houver resultados, e cada vez mais jovens a apoiar...FARENSE SEMPRE...FARENSE À VITÓRIA...

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px