domingo, janeiro 19

Merecíamos mais!


3 comentários
Aves-Farense, 2-0: Entrada forte garante triunfo
ANFITRIÕES MARCARAM DOIS GOLOS ATÉ AOS 18'


Uma entrada forte no jogo e dois golos nos primeiros 20 minutos garantiram este sábado ao Desportivo das Aves a vitória na receção ao Farense, por 2-0, num bom jogo da 25.ª jornada da II Liga.

Com este triunfo, o terceiro consecutivo na II Liga (igualando o registo conseguido entre as jornadas 16 e 18), o Aves ascendeu à condição ao oitavo lugar, agora com 38 pontos, enquanto o Farense mantém os mesmos 34 e pode perder o atual 12.º lugar.

Os locais entraram fortes, apostando num jogo apoiado, a um ou dois toques, e surpreenderam os algarvios, batidos logo aos seis minutos, por Vasco Rocha, a emendar um centro de Filipe Sousa da direita. A atitude positiva do Farense, procurando sempre a baliza adversária, valorizou o jogo, mas a nota artística e, sobretudo, a eficácia estiveram do lado do Aves, equipa que, depois de dois "sustos", conseguiu fazer o segundo golo, aos 18, por Renato Reis, com um "chapéu" a aproveitar uma má reposição de bola do guarda-redes Ivo.

O encontro manteve a toada de parada e resposta, mas, após o intervalo e uma perdida de Pedro Pereira (fez a assistência em vez de rematar e desperdiçou o terceiro golo do Aves), logo aos 49 minutos, o Farense assumiu as despesas do jogo, atacou muito, pressionou, chegando a encostar os locais à sua grande área, mas falhou na finalização.

A formação orientada por Jorge Paixão justificou o tento de honra e pode queixar-se de alguma infelicidade: André Matias e Ubay podiam ter marcado aos 61 minutos, Fábio Felício acertou no ferro, aos 64 minutos, e Romaric negou o golo a André Matias, aos 89.

Jogo no Estádio do Clube Desportivo das Aves, na Vila das Aves

Aves-Farense, 2-0

Marcadores: 1-0, Vasco Rocha, 06 minutos. 2-0, Renato Reis, 18.

Aves: Quim, Filipe Sousa, Romaric, Miguel Vieira, Jorge Ribeiro, Tito, Luís Manuel, Vasco Rocha, Pedro Pereira (Valente, 80), Renato Reis (Grosso, 68) e Andrew (Jaime Poulsen, 71)

Suplentes: Rui Faria, Grosso, Rúben Neves, Diogo Pires, Valente, Vasco Matos e Jaime Poulsen

Treinador: Fernando Valente

- Farense: Ivo, Atabu (Eugénio, 46), Ubay Luzardo, Diogo Silva, Hugo Luz, Jim, João Reis, Neca (Fábio Felício, 59), Hernâni (Juan San Martín, 64), André Matias e Clemente

Suplentes: Ricardo, Joshua, Nikola, Livramento, Fábio Felício, Eugénio e Juan San Martín

Treinador: Jorge Paixão. Árbitro: João Capela (Lisboa)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Andrew (34), Diogo Silva (39), Quim (86), Romaric (90+3) e Fábio Felício (90+4)

Assistência: Cerca de 500 espetadores.

Foto por Abílio Mendes

Comments

3 comments to "Merecíamos mais!"

ADEPTO disse...
8:23 da manhã

Ouvimos o relato pelo radio santo tirso e até aí perdemos aos pontos porque apesar do locutor reconhecer a superioridade flagrante do Farense na 2ª parte, relata com um um entusiasmo os lances de ataque e defesas "in extremis" do Aves, que faz inveja a qualquer locutor ferrenho do sporting,porto ou benfica;nem isso temos para os nossos lados...depois olhamos para o mapa e vemos num curto raio de circulo(15-30 km),aves,vizela,moreira cónegos,trofa,guimaraes,santo tirso,penafiel,fafe....e como o nosso espelho anda um pouco turvo,pensamos que somos duma região que dá pelo nome de Algarve , que na realidade contribui sobremaneira para pib com a maior indústria do país (turismo),não só com receitas diretas mas tambem com forte escoamento da indústria do norte (materiais construção civil),mas que de protagonismo tem pouco a não ser dois presidentes da república, um deles inaugurou uma via rápida para a expo de sevilha que nos custa caro e uma prometida auto estrada com 40 anos de atraso (salvou-nos o Américo Tomás/Salazar que acedeu ao nosso presidente CMF para fazer o aeroporto) e sabendo nós que não se vive só de pão (futebol), nem ninguem morre por se perder um jogo de futebol, mas ficamos tristes porque depois desculpamo-nos com azar,azar,azar, e perguntamos porque é que a equipa da 2ª parte não entrou com essa atitude na 1ª parte? talvez falta de trabalho de casa ou falta de recursos financeiros? mas se é falta de recursos financeiros, ainda mais obrigação temos de saber planear e o planear não passa só pela contratação de craques,passa tambem pela criação de infra estruturas que permita criar atividade formativa digna desta região, pois que o Algarve com o turismo deu bem estar aos Algarvios...mas não só pois os recursos não têm sido investidos proporcionalmente,veja-se que nem um Hospital Central digno que sirva todos temos.Uns dirão o que é que isto tem a ver com o jogo de Aves??? mas estes momentos de tristeza levam-nos a refletir.Veja-se que o Algarve com o Baixo Alentejo, que têm dois aeroportos,um lago artificial(Alqueva) que transforma o Alentejo em regadio,têm em conjunto uma área tamanho da Holanda que por sua vez é um dos países mais ricos da Europa com dezoito mihlões de habitantes....FARENSE SEMPRE...FARENSE À VITÓRIA..

ADEPTO disse...
8:47 da manhã

ESTIVE A VER O VIDEO E DISCORDO DESTE TÍTULO: ENTRADA FORTE ?????
ENTRADA E SAÍDA COM MUITA SORTE SERIA MAIS APROPRIADO.

ADEPTO disse...
8:49 da manhã

http://www.youtube.com/watch?v=LkLsIJnZHgU

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px