domingo, dezembro 22

Vinham matar o borrego antes do Natal mas...correu mal!


1 comentários
Farense 2-1 Portimonense
(Matias; Ibukun)


O Farense voltou às vitórias frente ao Portimonense, por 2-1, após um duelo algarvio muito intenso, em jogo da 22ª jornada da II Liga, disputado no Estádio de São Luís. A equipa de Faro, que vinha de duas derrotas seguidas, "vingou-se" da derrota 3-0 da primeira volta em Portimão, com golos de Matias (10) e Ibukun (45+1), tendo o Portimonense reduzido aos 64, por Kanazaki, já depois de o seu treinador ter sido expulso. Apesar da derrota, o Portimonense manteve a liderança, com 42 pontos, agora só com um de vantagem sobre o Moreirense, enquanto o Farense ocupa o 12º posto, com 31 pontos.


O Portimonense criou o primeiro lance de perigo, com Kanazaki a rematar ao poste num lance em que a bola ainda ressalta num defesa, aos oito minutos, mas o Farense mostrou-se mais eficaz ao aproveitar a primeira ocasião. Aos 10 minutos, Hugo Luz cruzou para a área, onde surgiu Matias a cabecear, fraco mas colocado o suficiente para enganar Márcio Ramos, que podia ter feito mais para evitar o primeiro golo do jogo.


O líder do campeonato respondeu bem, assumindo o controlo da partida perante um Farense mais expectante, e Semedo teve oportunidade de igualar o jogo, ao falhar o cabeceamento à "boca" da baliza (21). Nos minutos finais da primeira parte, subiu a intensidade do jogo e as duas equipas falharam diversas ocasiões, nomeadamente por Rambé e Diogo Silva, aos 34 minutos, para os da casa, e por Fabrício (38) e Rui Correia (40), para os forasteiros.


Seria novamente o Farense a mostrar maior eficácia, já nos descontos, com Ibukun a concluir de cabeça um contra-ataque iniciado pela marcação rápida de um livre pelo guardião Ivo, que "apanhou" a formação de Portimão em falso. O lance originou, após o apito do árbitro para intervalo, um desentendimento entre o treinador do Portimonense, Lázaro Oliveira, e o técnico adjunto do Farense, José Serrão, tendo o primeiro sido expulso por Carlos Xistra, mas só no início da segunda metade, quando já se encontrava sentado no banco.


Com Quinaz em campo, e logo depois Mica, o Portimonense entrou na segunda parte com uma disposição mais ofensiva, intensificando o ascendente sobre o adversário, que se preocupava mais em "tapar" os espaços até à sua baliza.


O conjunto de Portimão reduziu a diferença, por Kanazaki, aos 64 minutos, num lance concluído pelo japonês depois de ter sofrido falta na área, quando seguia isolado, tendo o árbitro decidido aplicar a lei da vantagem, "poupando" o central Ubay Luzardo ao consequente cartão vermelho.


Apesar de manter a pressão, que se intensificou após a expulsão de Ibukun (88), o Portimonense não conseguiu criar oportunidades para chegar ao empate, à exceção de um lance de Ivo Nicolau, que atirou por cima (86).


Jogo no Estádio de São Luís, em Faro.


Farense - Portimonense, 2-1.


Ao intervalo: 2-0.


Marcadores:


1-0, Matias, 10 minutos.


2-0, Ibukun, 45+1.


2-1, Kanazaki, 64.


Equipas:


- Farense: Ivo, Fausto (Atabu, 59), Ubay Luzardo, Diogo Silva, Hugo Luz, Bilro, Ibukun, Neca (João Reis, 67), Hernâni (Adelaja, 70), Matias e Rambé.


(Suplentes: Ricardo, Livramento, Atabu, Juan San Martin, João Reis, Adelaja e Lameirão).


Treinador: Jorge Paixão.


- Portimonense: Márcio Ramos, Ricardo Pessoa, Ivo Nicolau, Rui Correia, Hugo Gomes (Mica, 58), Vítor Moreno, Fabrício, Semedo (Juninho, 85), Zambujo (Quinaz, 46), Kanazaki e Anselmo.


(Suplentes: Ricardo Ferreira, Quinaz, Luís Pedro, Nelsinho, Mica, Juninho e Theo).


Treinador: Lázaro Oliveira.


Árbitro: Carlos Xistra (Castelo Branco).


Ação disciplinar: Cartão amarelo para Neca (18), Anselmo (22), Rui Correia (45+1), Fausto (48) e Ibukun (63 e 88). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Ibukun (88). Lázaro Oliveira, treinador do Portimonense, foi expulso ao intervalo.

Fonte: ojogo.pt

Comments

1 comments to "Vinham matar o borrego antes do Natal mas...correu mal!"

ADEPTO disse...
6:33 da tarde

A eficácia e o espírito sacrifício justificaram a vitória numa grande homenagem ao nosso Hino.São estes jogos que motivam uma equipa e um clube;se continuarmos a fazer o mesmo dos últimos 14 jogos,se calhar subimos de divisão....quem sabe? Começa a cheirar a futebol de primeira em Faro...e Faro merece...

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px