domingo, novembro 1

Mau final quase compromete vitória


12 comentários
Moura 1-3 FarenseA deslocação do Farense a Moura aguardava-se com alguma expectativa fruto de algumas exibições menos conseguidas nas últimas jornadas pelos alvi-negros. Edinho na corda bamba, assegurava antes do encontro que a equipa ia dar tudo em campo e que só faltava um pouco mais de sorte na hora de concretizar para que os resultados menos bons se alterassem.

Dificilmente poderia Edinho desejar melhor início da sua equipa, logo aos 4 minutos de jogo Alemão isolou-se e não teve dificuldades em inaugurar o marcador, isto como é óbvio, numa altura em que nenhuma das equipas justificava o golo. Talvez a menor experiência dos homens da casa tenha sido fundamental na obtenção do primeiro golo dos algarvios. Isto permitiu ao Farense manter um nível de jogo relativamente baixo de forma a melhor controlar a partida. Por outro lado o Moura tentava acelerar o jogo mas sempre com dificuldades em criar situações de golo. Só aos 30 minutos houve uma real situação de golo e para os da casa, quando Rúben correspondeu ao um cruzamento e atirou para Gonçalo fazer uma excelente defesa, desviando com uma palmada para canto. Pouco depois era Rodas a atirar de bola parada ao lado da baliza de Gonçalo. O Farense tentava jogar em contra-ataque e fazia-o bem sempre contando com a aflição da defensiva alentejana que tremia cada vez que o Farense se aproximava da baliza dos alentejanos, no entanto denotou dificuldades em incomodar Rosindo durante neste período.

Na segunda parte as equipas entraram como terminaram a primeira, continuando a proporcionar um fraco espectáculo de futebol aos poucos espectadores presentes, sendo que foram-se acumulando os passes errados de ambos os conjuntos nos primeiros minutos. Quando nada o fazia prever dado o mau desempenho das equipas, Rodrigo na sequência de um livre directo dilatava o marcador numa perfeita execução. A equipa de Moura acusou o golo e pouco depois João Paulo atrasava para Rosindo, este na tentativa de aliviar falhou o pontapé e Alvarinho com a baliza à sua mercê aumentou a contenda fazendo o 3º golo do Farense. Quase de seguida a equipa da casa disfrutou de uma boa ocasião para fazer o tento de honra mas o atacante alentejano atrapalhou-se com a bola permitindo a defesa de Gonçalo. De seguida de novo o Moura quase chegava ao golo por intermédio de Bruno Gomes que isolado, permitiria mais uma boa defesa a Gonçalo. Aproveitando a descontração dos algarvios o Moura chegaria ao golo a cerca de 5 minutos dos 90, Rúben numa boa jogada pela direita tirou um cruzamento perfeito e junto à linha de golo Ricardo empurrava para as redes algarvias. Em cima dos 90, Idalécio cometia grande penalidade e via ordem de expulsão por rasteirar um atacante do Moura. Na sequência da grande penalidade Bruno Macarrão atiraria para a defesa de Gonçalo e na recarga desperdiçaria o golo. Foram os melhores minutos da equipa da casa que tentou até ao fim chegar ao segundo golo mas que não conseguiria.

O Farense complicou o fácil e poderia mesmo ter saído de terras alentejanas com outro resultado que não a vitória, tal a quebra de concentração e displicência após o 3º golo. Custou a Idalécio uma cartolina encarnada e o impedimento de jogar os próximos encontros. Para Edinho esta vitória acaba por ser mais um balão de oxigénio, apesar de ter sido obtida sobre uma das equipas com menos capacidade do campeonato. O Farense não rubricou uma boa exibição, longe disso, conseguiu sim ser eficaz, o que de resto era o pretendido por Edinho.

Comments

12 comments to "Mau final quase compromete vitória"

Anónimo disse...
8:32 da tarde

foi o alvaro que marcou

A.R. disse...
8:33 da tarde

Sem ter visto o jogo como nao posso,posso aperceber-me de uma coisa:O Farense sai vitorioso contra uma equipa de "nivel inferior"com uma vitoria sem expressao de um bom jogo e sobretudo com seis amarelos e um vermelho.Isto para mim quer dizer que o Farense nao se deve encontrar com um bom estado de espirito e com Futebol Pobre.Quando uma equipa mostra "Agressividade violenta" é porque nao esta serena.

Dezito disse...
9:46 da tarde

À vitória Farense ! Sempre a somar é o k importa

Anónimo disse...
12:30 da manhã

Apesar da vitória, fiquei mt preocupado com a exibição do Farense. Quer-me parecer que a equipa padece de um fio de jogo, de intensidade competitiva, de ritmo, de velocidade e de ideias.

Depois há coisas do Edinho que não consigo perceber, de todo.

Alguém me explica pq é que o arlindo joga a central (qd e trinco) e o ró joga a trinco(qd é central)?

Alguém me explica o que ganhamos a jogar todos os jogos com 1 central a trinco? O resultado de tal experiência teve outra x a vista.

Penso que é chegada a altura de agradecer a um jogador que marcou muitos golos no distrital e passar a jogar com 11 jogadores outra x...e que nao so jogamos com 10, como cedemos um central ao adversário.

Contra estas equipas fracas, mm a jogar pouco se consegue, mas e preciso um treinador que perceba de futebol ...

Anónimo disse...
10:42 da manhã

Uma coisa é certa, a equipa ganhou com o Alvarinho e o Pedro em campo.
Antes mais quero dizer que o Ró faz qualquer posição do meio campo para tras. E para quem nao sabe o Ró quando foi campeo em juvenis no Benfica, era ponta de lança e foi o melhor marcador do Nacional de Juvenis

Anónimo disse...
11:32 da manhã

Quem fez a "maldade"de colocar o Edinho a treinador principal,se não quizer ser,agora,presidente/treinador,urgentemente,a corrija..pois o SCFarense,tem valores,hoje,na equipe,que se bem treinados na vertente física e colectiva,pedem meças a muitas equipas de escalões superiores.Assim dá pena,ver a confusão de ideias que ,em campo apresentam e a confrangedoura condição física de grande parte dos jogadores.Chegou a hora,do presidente,que está a fazer trabalho meritório,tome as medidas EVIDENTES,e deixe de ter ambições de treinador,dado ter escolhido ser PRESIDENTE.Assim sendo,arranje um razoavel treinador e vamos em frente rumo à subida,no ano do CENTENÁRIO.Força FARENSE.FC

Anónimo disse...
2:52 da tarde

LOL

Zé da Bola

Ferreira disse...
3:35 da tarde

O Farense complicou frente à equipa mais fácil do campeonato, até agora.

Começou com um grande golo de Alemão.
A equipa apresentou-se razoavelmente estruturada e com 4 avançados.
O Arlindo não complicou e até corrigiu alguma falhas do "lento" Idalécio na 1ª parte.
O RóRó jogou no meio(estranho), mas bem.

Na segunda parte boa entrada do Rodrigo e bom golo de livre directo.

Excelente insistencia do Alvarinho e mérito na pressão ao defesa e guarda redes que deu a fifia, e resultou no 3º golo. Só assim se consegue, insistindo.

Já o "capitão" Bruno, falou muito, tentou comandar mais ainda, mas jogou muito, muito pouco.
Incrivel como perdeu 3 ou 4 bolas que o isolavam, ou permitiam isolar os parceiros de ataque, mas que se perderam nos seus pés.
Ajudou a defesa nos cantos é certo, mas o papel dele é estar na frente para marcar, correr e lutar como os outros. Isso não vi.

Vi foi o EDINHO tirar o que corria e lutava - ALEMÂO - e deixar o Bruno, e a partir dái podemos agradeçer ao Gonçalo o grande jogo que fez na nossa baliza.

Quem lá esteve, com alguma atenção, concordará comigo.

O Farense como equipa jogou pouco, e podia ter marcado muito mais com Pintassilgo e Alemão na frente, tais eram os espaços para correr em direcção à baliza adversária. Só o Justo(pouco incisivo) e Alvarinho conseguiram fazer isso em parte.

Lamento que o Edinho pareça ter "casado" com o Bruno, que é útil mas nem sempre...

Depois do jogo de ontem deu para ver que jogará sempre com Bruno na frente.

È a minha apreciação ao que vi.

Anónimo disse...
4:50 da tarde

Acho que o Reina devia pegar na Equipa! Ficavam com uma boa dupla Reina e Benje!
EXPLY

Anónimo disse...
6:13 da tarde

Caso ganhemos ou percamos parece que nunca os nossos adeptos nunca estão contentes.
Não vi o jogo mas o resultado parece que demonstra que pelo menos desta vez a eficácia foi melhor.
Devo de no entanto dizer que concordo com algumas declarações aqui apresentadas, sobretudo a troca de jogadores nas posições em que originalmente estavam talhados para jogar, isso não consigo compreender.
O Arlindo como central causa-me alguma confusão pois ele é um trinco e mesmo assim não é jogador para jogar de início numa 3.ª divisão. Por outro lado o Luis Lopes a trinco quando sempre foi um central. Já o Róró parece-me ser um puto que joga bem em todo o lado.
O eterno mal amado Bruno, já se sabe que não é grande jogador mas devo dizer que acho interessante o facto de ele jogar ao lado do Alemão (espero agora o jogo em casa para confirmar) pois são dois jogadores muito possantes e se as bolas forem bombeadas certamente que um deles eventualmente poderá ganhar uma bola e marcar, assim como desgastar os adversários.
Se o Farense jogar sempre para ganhar de certeza que os golos e os resultados aparecerão, esta equipa não é nada má só precisa de limar algumas arestas. Sobretudo agora com a saída do Idalécio, pelo menos por 2 jogos, quero ver quem é que o Edinho vai meter a central.

Já agora o rapaz que veio do Torreense, nunca mais apareceu, passa-se algo com ele, pareceu ser um bom jogador?

Anónimo disse...
9:17 da manhã

O Edgar está lesionado

Anónimo disse...
9:45 da manhã

O Reina pegar na equipa..........!?

ahahahahhahahahaah escreve-se cada barbaridade aqui ahahahhahahahaha

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px