domingo, agosto 24

Começou a época mas as experiências continuam...


3 comentários
Ficha de jogo Sp. Farense-CampinenseO Farense regressou esta tarde aos campeonatos nacionais 3 anos depois de não ter conseguido inscrever a equipa, numa época em que os antigos júniores desmultiplicaram-se para cumprir 7 jornadas que permitissem a resolução dos problemas e a inscrição do plantel sénior, tal não chegaria a acontecer e o Farense regressaria ao futebol na 2ª distrital. Farense 2-2 Campinense

Portela fez alinhar 6 novos reforços, surpreendendo grande parte da massa associativa do Farense não por aqueles que fez alinhar de ínicio mas sim por quem optou por deixar de fora. Edinho, Brasa, Né e Amílcar, 4 jogadores preponderantes na subida do Farense foram deixados no banco, incompreensível no mínimo por 3 destes terem sido substítuidos, por outros 3 (Bruno, Paulinho e Wílson) que na época transacta com Portela ao comando eram seus substitutos. O jogo iniciou-se com algum equilíbrio de parte a parte, disputado a meio campo, sem que qualquer das equipas conseguisse ter um domínio que se evidenciasse muito. Numa primeira parte praticamente sem situações de golo, salvou-se mesmo o grande golo de Paulinho, digno dos maiores palcos do futebol mundial, de fora da área, num forte remate a fazer a bola ir ao ângulo superior esquerdo da baliza campinense. Chegaria-se ao intervalo com a vantagem mínima favorável ao Farense e uma primeira parte com mau futebol e monótona para quem assistia ao jogo.

A segunda parte começou praticamente com o golo do empate, mais um belo golo, desta feita para o Campinense e por Léo, num remate forte e cruzado a não dar grandes hipóteses de defesa a Kula. O Campinense motivou-se e só por mera infelicidade não conseguiu adiantar-se noFarense 2-2 Campinense marcador num lance confuso junto à linha de golo farense com a bola a tabelar em vários jogadores e caprichosamente a não entrar. O Campinense jogava bem neste período, era mais rápido a trocar a bola e tinha o meio campo totalmente à sua mercê, acabou de certa forma por ser contra à corrente de jogo o segundo golo farense, por Edinho (quem mais?) a antecipar-se ao defesa central das Campinas e a cabecear para o golo. O Farense não soube segurar a vantagem, nem se notou tentativa disso, pois a equipa continuava desorganizada e sem pulmão para segurar o fio de jogo visitante. O Campinense chegaria ao golo por Pintassilgo, no terceiro remate consecutivo desse lance, em que 1º Kula, depois o poste apenas adiaram o mais que justo golo forasteiro. Foi com as melhores ocasiões a pertecerem ao Campinense que o encontro terminou, com os adeptos da casa desiludidos não só pelo resultado, mas também pela fraca exibição.

O Farense começou o campeonato a empatar perante um Campinense que demonstrou ter equipa para lutar pelos lugares cimeiros da tabela. Quanto ao Farense, muito ficou por mostrar e por provar, pois um candidato à subida terá de jogar muito mais.

Fotos de José Luís Silva

Farense 2-2 Campinense  Fotos de José Luís Silva Farense 2-2 Campinense  Fotos de José Luís Silva Farense 2-2 Campinense  Fotos de José Luís Silva Farense 2-2 Campinense  Fotos de José Luís Silva

Comments

3 comments to "Começou a época mas as experiências continuam..."

joão disse...
11:42 da tarde

Depois de tantos jogos na pré-época como é possível iniciar o jogo com esta equipa? Táctitamente zero, fisicamente uma vergonha,meio campo enixistente. Se continuarmos assim e com esta equipa técnica ficamos a meio da tabela. Sócio 140.

Anónimo disse...
1:42 da tarde

Quem deve jogar, são os jogadores que estão em melhores condições e principalmente os que têm mais categoria.
Parece contudo que alguns dos titulares neste jogo só o são porque têm pais ricos ou ricas cunhas.
Quem não servia para ser titular no Distrital, ainda menos serve no Nacional.
Quem não está de momento em condições de ajudar a equipa, deve sentar-se no banco, independentemente dos apelidos...

RRoque disse...
2:02 da tarde

Criticar é sempre o mais facil, quando as coisas não correm como queremos.

Se as expectativas criadas não são exactamente preenchidas, vamos logo falar mal do treinador, ou do GR, ou da defesa ou do Ponta de Lança.

Como querem que a mentalidade dos "cunhas" dentro do S.C.F. acabe se a maior parte dos sócios limitam a pagar as quotas e assistir aos jogos com cigarro no canto da boca ou roer as unhas até fazer sangue.

Estamos preocupados com os resultados da primeira jornada da 3ª divisão e esquecemos que o nosso patrimonio é cada vez mais curto e que o encaixe financeira realizado não garante qualquer futuro.

Andamos a dormir e quando acordamos só pensamos em ganhar no proximo Domingo.

Quando realmente percebemos já não temos patrimonio, nem euros, nem equipa, nem Portela, nem Barão, nem Anibal Guerreiro e depois choramos feito umas Madalenas.

Acha paciência...

 

Copyright 2009 All Rights Reserved Blog Leões de Faro optimizado para 1280 x 768 px